Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Empate sem golos garante mais uma final para Benfica

Sportinveste 01/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Empate sem golos garante mais uma final para Benfica © Sportinveste Multimédia Empate sem golos garante mais uma final para Benfica

Noite histórica para o Benfica. Aguentou estoicamente o empate sem golos em Turim, com 10 em campo durante 25 minutos - expulsão de Enzo - e 9 durante os descontos - lesão de Garay.

Jorge Jesus apostou na equipa ‘habitual’, com Oblak na baliza em detrimento de Artur, que fora aposta na primeira mão, em Lisboa.

Onze do Benfica: Oblak, Maxi, Luisão, Garay e Siqueira; Rúben Amorim, Enzo; Markovic, Gaitán, Lima e Rodrigo.
Onze da Juventus: Buffon; Cáceres, Bonucci e Chiellini; Lichtsteiner, Vidal, Pirlo, Pogba e Asamoah; Llorente e Tevez.

O Benfica entrou melhor. No primeiro minuto, Rodrigo surgiu em boa posição e atirou forte, mas a bola bateu “à queima-roupa” no braço de Lichtsteiner. O árbitro Mark Clattenburg não assinalou nada, considerando o lance casual..

A Juventus começou a subir de rendimento aos 15 minutos e dominou até ao intervalo. Mas a verdade é que a única grande oportunidade surgiu já nos descontos do primeiro tempo, com Luisão a segurar o Benfica na eliminatória. O capitão encarnado cortou o cabeceamento de Vidal em cima da linha de golo, quando Oblak já estava batido.

Na segunda parte, a equipa regressou mais agressiva e determinada. Aos 50 minutos, o Benfica teve a sua melhor ocasião, com Rodrigo, em boa posição na área, a rematar por cima da baliza.

Aos 61 minutos, Pirlo testou a atenção de Oblak num livre direto, mas o esloveno defendeu bem.

Aos 66 minutos, o argentino Enzo Pérez foi expulso por falta sobre Vidal e deixou o Benfica reduzido a 10 elementos. Pouco depois Osvaldo colocou a bola no fundo da baliza do Benfica, mas a jogada foi bem invalidada por fora de jogo de Pogba.

Aos 89 minutos. Markovic e desentendeu-se com Vucinicno banco e foram ambos expulsos.

Garay já em cima dos descontos teve que sair lesionado. O nulo resistiu até ao apito final de Mark Clattenburg, ditando novo regresso do Benfica a Turim, dia 14 de Maio, frente ao Sevilha.

Enzo, Markovic e Salvio não jogam a final.

Jorge Jesus torna-se o primeiro treinador a conseguir estar em duas finais consecutivas da Liga Europa. Benfica está na sua segunda final europeia consecutiva, depois de há um ano ter marcado presença em Amesterdão.

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon