Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Emprestado ao Watford, Carrillo aponta ao Benfica: "Quero nova oportunidade"

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/10/2017 Rui Trombinhas

Apelidando o Benfica de "maior clube de Portugal", o peruano tem visto todos os jogos das águias, sente que nem tudo foi mau e discorda de um cenário de crise: "A equipa vai dar a volta por cima."

Carrillo foi emprestado pelo Benfica ao Watford, equipa da Premier League orientada por Marco Silva e tem agradado ao emblema inglês. No entanto e, apesar disso, o extremo peruano continua a olhar para o clube da Luz como o seu destino em 2018/19, onde pretende afirmar-se e "agradecer" a aposta que os encarnados fizeram em si quando deixou o Sporting em situação de conflito. Atualmente ao serviço da seleção do Peru e em declarações a O JOGO após a partida de quinta-feira frente à Argentina, na La Bombonera, Carrillo explica os motivos da sua saída do Benfica, mas garante que a meta é mesmo voltar.

© Fornecido por O jogo

"Tive de sair em busca de mais minutos de jogo, mas tenho as melhores recordações do Benfica, ao qual regressarei na próxima temporada com mais experiência. Espero fazer uma boa época no Watford e demonstrar todo o meu potencial para merecer nova oportunidade no Benfica, clube que apostou em mim após a saída do Sporting. Estou muito agradecido por isso", assume Carrillo que não hesita em colocar o cachecol encarnado quando fala das águias. Após ter vestido a camisola do rival de Alvalade, o internacional peruano está hoje convertido à cor vermelha. "Sou mais um adepto do Benfica e sempre o serei. Foi um clube que me acolheu num momento complicado da minha carreira", justifica o jogador.

citacao"Sou mais um adepto do Benfica e sempre o serei... O Benfica vai recompor-se do arranque que teve nesta época e terminar ganhando mais um campeonato porque tem um plantel riquíssimo"

É, aliás, nessa condição de "hincha" benfiquista que o extremo tem visto à distância o início de época dos encarnados. Na opinião de Carrillo nem tudo tem sido perfeito, mas também não vê caso para excesso de dramatismos. "Não foi um mau início, mas também não foi o esperado. Pude ver quase todos os jogos e a equipa até tem jogado bem, embora tenha tido uma má partida contra o Basileia (derrota por 5-0) na Suíça que complicou as contas na Liga dos Campeões. Vai ser difícil ao Benfica superar a fase de grupos, mas confio que os meus amigos e companheiros darão a volta por cima", frisa La Culebra a O JOGO.

É, de resto, com grande confiança que o jogador encarnado antevê o futuro das águias e confia que, apesar de tudo, ainda será encontrado o caminho do sucesso nesta época. "O Benfica vai recompor-se do arranque que teve e terminar ganhando mais um campeonato porque tem um plantel riquíssimo, além de um enorme historial no futebol português. O domínio que o Benfica conseguiu ter ao longo dos últimos anos comprova que é um verdadeiro grande clube europeu, o maior clube de Portugal", defende Carrillo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon