Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Escócia é oportunidade' quase única' no Europeu feminino

Logótipo de LusaLusa 23/07/2017
ANTONIO COTRIM/LUSA © LUSA / ANTONIO COTRIM ANTONIO COTRIM/LUSA

Roterdão, Holanda, 23 jul (Lusa) – Portugal tem hoje o seu segundo encontro no Europeu de futebol feminino, quando às 18:00 locais (17:00 em Lisboa) defrontar a Escócia, no Estádio Sparta, em Roterdão.

As duas seleções, derrotadas na estreia do Grupo D, estão num Europeu feminino pela primeira vez na história, e sabem que o jogo de hoje é uma oportunidade quase única para somarem os primeiros pontos no torneio.

A Escócia subirá ao relvado sem Jane Ross, que ficou ‘fora’ deste Europeu após lesionar-se na quarta-feira na estreia com Inglaterra (derrota por 6-0), enquanto Portugal tem o grupo todo apto.

Na competição, as escocesas não contam com as ‘estrelas’ Jen Beattie, Kim Little e Lizzie Arnot, com lesões ligamentares e que não viajaram para a Holanda, e Portugal sem Jéssica Silva, que se lesionou antes da viagem para a competição.

No sábado, o selecionador Francisco Neto salientou que diante da Escócia espera “um padrão diferente”, numa equipa com qualidades mais físicas do que a Espanha, que venceu na estreia a equipa das ‘quinas’ por 2-0, num jogo que dominou.

O encontro de hoje, da segunda jornada, terá arbitragem da húngara Katalin Kulcsár.

Mais tarde, também em jogo do grupo D, Inglaterra e Espanha, que venceram os jogos de estreia e somam três pontos cada, defrontam-se em Breda, no Estádio Rat Verlegh (19:45 de Lisboa).

RPM // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon