Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Escritor João Manuel Ribeiro celebra dez anos a "disseminar a poesia"

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/10/2017 Administrator

O poeta e editor João Manuel Ribeiro está a celebrar uma década de vida literária com antologias, tertúlias e a criação de uma revista; tudo para incentivar a leitura junto dos mais novos, mas também aos adultos.

"O combate da minha vida é disseminar a poesia", afirmou João Manuel Ribeiro à agência Lusa a propósito do trabalho que tem dedicado à escrita, à leitura e à promoção do livro, desde que editou em 2008 "Rondel de rimas para meninos e meninas".

Durante uma década, essa dedicação ramificou-se por vários caminhos, como a escrita de mais de 50 livros, a criação da editora Trinta por uma Linha, visitas a escolas, formação de mediadores de leitura, e agora, em tempo de balanço, lança três antologias, prepara uma revista de literatura e vários encontros literários no Porto.

Entre as três antologias a editar conta-se "E para o poeta outro modo de olhar", com uma seleção de poemas dele feita pela investigadora Sara Reis da Silva e ilustrados por 11 autores.

A partir deste sábado e até maio, João Manuel Ribeiro irá dinamizar tertúlias regulares na livraria Velhotes, em Vila Nova de Gaia, sempre em torno dessa trindade da poesia, da leitura e da escrita para a infância.

A primeira contará com o poeta galego António Garcia Teijeiro, que acaba de ser distinguido com o Prémio Nacional de Literatura Infantil e Juvenil de Espanha.

Para o final deste mês está aprazada a edição de A Casa do João, uma revista generalista de literatura para crianças e adultos, gratuita, que terá edição em papel e digital.

No dia 28, haverá uma jornada literária na Fundação Engenheiro António de Almeida, no Porto, com o escritor Bruno Vieira Amaral e os jornalistas Sérgio Almeida e João Fernando Ramos. Em Lisboa também está prevista uma ainda sem data.

Sobre tudo isto, João Manuel Ribeiro diz que a intenção "é dar mais visibilidade à literatura para crianças, porque ainda é considerada menor, e sobretudo é dar visibilidade junto dos adultos, porque são os mediadores".

João Manuel Ribeiro considera que o contacto com os leitores, pequenos ou adultos, não é essencial para se ser um bom escritor, mas é importante para partilhar experiências.

"Para mim os encontros com os meus leitores, com as crianças, são fantásticos. São claras e honestas e ainda têm os convencionalismos pouco formados (...). Já escrevi textos que nascem desses encontros com as escolas", disse.

No trabalho de escrita, no qual aposta no texto poético, nas rimas, nas lengalengas inspiradas na tradição oral, João Manuel Ribeiro diz que se recorda muitas vezes da figura do avô, que lhe "encheu a cabeça de histórias" e o ajudou a configurar a personalidade.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon