Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Espanhóis apontam as cinco chaves da crise do Real Madrid

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Hugo M. Monteiro
© EPA/Mariscal

"Merengues" estão a sete pontos do Barcelona após cinco jogos após derrota por 0-1 com o Bétis.

O Real Madrid atravessa um momento para esquecer no campeonato espanhol. Os merengues somam apenas duas vitórias nas cinco primeiras jornadas do campeonato, registando dois empates e uma derrota, esta última frente ao Bétis (0-1) na passada quarta-feira.

A equipa orientada por Zidane está atualmente a sete pontos de um Barcelona arrasador, que soma cinco vitórias em cinco jogos e conta com Lionel Messi na melhor forma. Face a este atraso, o jornal Sport compilou uma lista de cinco razões que explicam o arranque negativo dos merengues. Primeiro, a vulnerabilidade defensiva do plantel, que apenas deixou a baliza inviolada na primeira jornada do campeonato, na vitória por 3-0 frente ao Corunha. Depois, o jornal faz referência a um trio BBC "desaparecido", fruto do castigo de Ronaldo, a forma física pobre de Bale e a lesão de Benzema. Dos 67 remates à baliza em casa, apenas três deram golo.

A fuga de talento é também apontada como um dos principais motivos da crise, nomeadamente as saídas de Morata (Chelsea) e James Rodríguez (Bayern). As contratações de Ceballos e Theo parecem não ter sido suficientes para colmatar estas saídas, aliando-se também às críticas relativas às opções táticas de Zidane.

Por fim, o jornal questiona a influência das lesões, afirmando que terão dizimado o plantel. As baixas de Marcelo, Theo, Benzema, Kovacic, Vallejo e Varane empobreceram o plantel, que ainda não encontrou a felicidade esta temporada.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon