Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Espanhol Gerard Nus acaba com protesto no Gana

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/03/2017 Cristina Aguiar

O treinador espanhol Gerard Nus exigia o pagamento de salários devidos enquanto adjunto do selecionador do Gana

O treinador espanhol Gerard Nus anunciou o fim do protesto que mantinha há sete semanas em Acra, capital do Gana, a reclamar o pagamento pelo seu trabalho como adjunto do selecionador nacional do país.

Gerard Nus, que pertence aos quadros do Rayo Vallecano, desempenhou as funções de treinador-adjunto do israelita Avram Grant na equipa nacional do Gana, durante a última edição da Taça das Nações Africanas (CAN), no Gabão.

© Facebook

Com honorários por receber relativos à sua participação na competição, que decorreu no Gabão de 14 de janeiro a 5 de fevereiro deste ano, Gerard Nus instalou-se num hotel de Acra reclamando o pagamento dos honorários devidos.

O técnico anunciou, hoje, nas redes sociais ter recebido este fim de semana da Associação de Futebol do Gana os honorários devidos e o seu regresso a Espanha.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon