Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Espinho abre três Espaços do Cidadão para levar serviços públicos às freguesias

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/07/2017 Administrator

A Câmara de Espinho está a instalar no concelho três Espaço do Cidadão, com os quais pretende descentralizar vários serviços públicos e torná-los mais próximos das populações das freguesias de Silvalde, Paramos, Anta e Guetim, informou hoje a autarquia.

As três novas estruturas ficarão em imóveis da autarquia: numa loja do Complexo Habitacional da Ponte de Anta, na união de freguesias de Anta e Guetim, num espaço da Escola da Bouça, na freguesia de Paramos, e numa sala do FACE - Fórum de Arte e Cultura de Espinho, em Silvalde.

"São serviços de proximidade que entrarão brevemente em funcionamento (...). Fica assim coberta a descentralização de vários serviços públicos já existentes no centro da cidade", refere a autarquia, num comunicado.

O objetivo é que os cidadãos das referidas freguesias tenham assim acesso facilitado a serviços prestados por diferentes entidades públicas, como os já disponíveis na área de Atendimento Municipal da própria Câmara: por exemplo, proceder ao pagamento de faturas da água, taxas fiscais e rendas sociais.

Os novos espaços permitirão ainda aceder a serviços que antes só eram prestados nas conservatórias de registo civil e predial do concelho, no tribunal, na delegação local da Segurança Social ou no Instituto de Emprego e Formação Profissional.

"Os serviços disponibilizados por estas unidades estarão devidamente sinalizados e serão assegurados por seis funcionários municipais que já receberam formação para o efeito", realça a Câmara.

Esta entidade suportará as obras de adaptação necessárias para o efeito, assim como as despesas de comunicações, sinalética, equipamentos e recursos humanos.

Já no que se refere ao mobiliário, a instalação compete à Agência para a Modernização Administrativa, que deverá concluir a tarefa a tempo de os novos espaços poderem "entrar em funcionamento dentro de dias".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon