Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Estação Teatral da Beira Interior estreia "Há Beira na Revolta" em Alpedrinha, Fundão

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/07/2017 Administrator

A ESTE - Estação Teatral da Beira Interior, companhia de teatro sediada no Fundão, vai estrear, no domingo, em Alpedrinha, naquele concelho, a peça "Há Beira na Revolta", uma criação que reúne três histórias de força, coragem e resiliência beirã.

Em comunicado hoje enviado à agência Lusa, a ESTE adianta que os três episódios se passam entre os séculos XIX e XX, e que "culminam com a revolta de um povo desgastado com as adversidades impostas por aqueles que constantemente abusam do poder, da violência e do suborno".

Com apresentação marcada para as 21:30, no Teatro Clube de Alpedrinha, esta produção junta numa mesma peça os episódios "A tomada do Carvalhal", que conta a luta do povo do Souto da Casa para evitar que a família Garrett se apropriasse dos seus terrenos, " A história do Zé Manteigas", que revela a vida dura dos mineiros da Panasqueira, e "A Rua dos Alves", onde dois criminosos aterrorizavam a então vila do Fundão.

Segundo o referido, a "Estação Teatral pretende, uma vez mais, convergir dois propósitos fundamentais para a sua ideia de teatro: o recurso à arte milenar dos contadores de histórias, onde todos os meios se encerram no corpo do ator, em busca de um teatro total, e a necessidade de trabalhar com o diverso e rico património cultural da comunidade envolvente".

A ESTE ressalva ainda que o espetáculo está, simultaneamente, inserido no projeto de itinerâncias da Câmara Municipal do Fundão e nas comemorações do 124.º aniversário do Teatro Clube de Alpedrinha.

Esta é a 33.ª criação desta companhia de teatro e conta com direção artística e encenação de Nuno Pino Custódio, direção técnica de Pedro Fino, produção de Alexandre Barata e interpretação de Tiago Poiares e Roberto Querido.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon