Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Estados Ibero-Americanos não convidam Venezuela para debate sobre eleições

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/08/2017 Administrator

O secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-Americanos, Luís Almagro, anunciou hoje que o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela não será convocado para a Reunião Interamericana de Autoridades Eleitorais, na Colômbia, em outubro.

"Um órgão eleitoral que demonstrou estar ao serviço de um regime ditatorial não pode ser convidado a sentar-se à mesa da democracia hemisférica", argumentou Almagro, num comunicado citado pela agência de notícias espanhola Efe.

"A parcialidade que caracterizou o CNE da Venezuela prejudicou as possibilidades de uma saída democrática para a crise; longe de ser um garante, manipulou os resultados e vulnerabilizou os direitos políticos dos venezuelanos", acrescentou.

O encontro, que este ano se celebra a 26 e 27 de outubro, tem como objetivo que os tribunais eleitorais dos países da região troquem experiências e conhecimentos.

O anúncio da exclusão da CNE venezuelana surge no seguimento das críticas que Almagro fez à atuação desse órgão no processo eleitoral do país, considerando que houve fraude nas eleições de domingo passado.

"Confirma-se que foi a maior fraude eleitoral da história da América Latina em percentagem e em milhões de votantes", escreveu o dirigente na rede social Twitter, depois da empresa responsável pela recontagem de votos, a Smartmatic, ter denunciado que houve "manipulação" dos resultados.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon