Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Estala a polémica no Chile: mulher de Bravo fala em jogadores bêbedos

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/10/2017 Francisco Sebe
© REUTERS/Ivan Alvarado

Carla Pardo assumiu estar "orgulhosa" do marido, mas não poupou alguns jogadores chilenos após o fiasco na qualificação para o Mundial'2018.

O Chile, bicampeão da América do Sul, falhou a qualificação para o campeonato do Mundo do próximo ano em cima da linha de meta, ao perder por 3-0 no Brasil.

Pouco depois do apito final, estalou a polémica, à conta de uma publicação nas redes sociais de Carla Pardo, esposa de Claudio Bravo, guarda-redes e capitão da seleção sul-americana. Apesar de se assumir "orgulhosa" pelo marido, não poupou alguns dos colegas de equipa do jogador de 34 anos, acusando-os de se apresentarem embriagados nos treinos.

"Obrigado por todos os momentos lindos, minha seleção. Obrigado, meu capitão América [Bravo] por tudo o que vivemos. Foi bonito, de facto. Mas, quando se veste a camisola tem de ser com profissionalismo. Sei que a maioria lutou com tudo, enquanto outros iam a festas e não conseguiam treinar por causa da bebedeira que tinham. Que enfie a carapuça quem quiser e que deixe de chorar. Agora é um país inteiro que chora. Esperamos-te com os braços abertos, meu capitão", escreveu Carla Pardo, na sua conta do Instagram.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon