Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Estamos a três ou quatro pontos da nossa projeção"

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/09/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

Luís Castro, reconheceu o "momento difícil" que o Chaves atravessa, estando ainda à procura da primeira vitória no campeonato, antes de defrontar o Moreirense, na sétima jornada da Liga.

"É um jogo que apresenta um quadro difícil, porque os pontos na tabela estão aquém daquilo que esperávamos neste momento, estamos a três ou quatro pontos daquilo que era a nossa projeção para este momento da época. É um jogo extremamente importante para nós, sabemos dessa importância e temos essa responsabilidade de responder de forma forte", referiu Luís Castro, treinador do Chaves, na conferência de imprensa de antevisão à partida com o Moreirense.

Com um início de época complicado, o treinador dos transmontanos não fugiu do assunto e admitiu a equipa se encontra num momento difícil, ao ocupar o último lugar da tabela, com um empate e quatro derrotas.n "Sabemos que estamos num momento difícil. Sabemos que é um momento de grande responsabilidade para a equipa técnica e jogadores, mas sabemos que com a dedicação de jogadores, equipa técnica, administração e adeptos conseguiremos ultrapassar o momento difícil que estamos a viver", confessou.

Ainda acerca do que tem sido a campanha do clube esta temporada, Luís Castro explicou que ainda assim a equipa não está pontualmente longe dos rivais, e que uma vitória não deixa os flavienses "confortáveis", mas "poderá ser um passo decisivo" para estabilizar.

"A vitória normalizaria aquilo que é a nossa prestação no campeonato. Nós, treinadores, queremos sempre vitórias em cima de vitórias, mas claramente o campeonato tem-nos sido desfavorável em termos de exigência e de resposta neste grau de dificuldade", referiu.

Sobre o encontro com o Moreirense, considerou o adversário mais tranquilo depois de ter vencido fora o Estoril (2-0), mas que vai lutar pela vitória e elogiou a organização do treinador Manuel Machado.

"O Moreirense também está muito bem organizado, aliás aquilo que o Manuel Machado tenta fazer ao longo das épocas é organizar a melhor defensiva e ofensivamente, está com a equipa equilibrada, portanto é um jogo de grau de dificuldade máximo para um momento do campeonato que também está com um grau de dificuldade máximo", concluiu.

O jogo entre o Chaves, último com apenas um ponto, e o Moreirense, 15.º com cinco, está marcado para as 21h00 de segunda-feira, no Estádio Municipal de Chaves, e terá arbitragem de João Pinheiro, da associação de Braga.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon