Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Estoril Open: boa cama e boa comida para convencer Andy Murray

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/04/2017 Alcides Freire

Organização do Millenium Estoril Open quer convencer o número um do ténis mundial, Andy Murray a participar no torneio.

A organização do Millenium Estoril Open quer convencer o número um do ténis mundial, Andy Murray a participar no torneio, tentando-o com chocolates, boa comida, uma camisola da seleção portuguesa de futebol e até cães de água.

Num filme de pouco mais de um minuto, a organização do torneio, que decorrerá de 1 a 7 de maio, garante que não andou a espiar a vida do tenista, mas lembra-lhe que o Casino do Estoril serviu de inspiração a Ian Flemming para o romance de espionagem Casino Royalle, do famoso agente britânico 007.

No início do vídeo, os organizadores garantem estar disponíveis a fazer Andy Murray sentir-se "em casa" no Estoril, prometendo-lhe "boa cama e boa mesa".

facebookhttps://www.facebook.com/millenniumestorilopen/videos/627396607461570/

© Eric Gaillard/Reuters

Em matéria de comida, além de chocolates Toblerone, os preferidos do tenista, o vídeo mostra uma portuguesa, cozinheira do restaurante de sushi Nobu, em Londres, a garantir a Murray que no Estoril comerá o melhor peixe cozinhado do mundo.

Conhecedores da paixão do número um mundial por camisolas desportivas, a organização lembra-lhe "que nenhuma coleção está completa sem a camisola da seleção portuguesa de futebol".

Até o famoso cão de água português, raça que deixou a Casa Branca com a saída de Barack Obama da presidência dos Estados Unidos, é utilizado para atrair Murray, dono de Maggie e Rusty.

No pó de tijolo do Clube de Ténis do Estoril, onde decorrerá o torneio, um cão de água "apela" a Andy Murray: "O Estoril conta contigo, e eu também".

A terminar, os organizadores garantem que não andar a espiar o tenista, que esta semana regressou à competição em Monte Carlo, após lesão, mas assumem a vontade de ter o número um mundial na lista de inscritos: "Não estamos a espiar-te, somos apenas teus grandes fãs. Podemos contar contigo?".

Na apresentação do torneio, que tem já garantidas as presenças Nick Kyrgios e Juam Martin del Potro, o diretor admitiu que um tenista do 'top 10' mundial pediu um 'wild card', mais escusou-se a avançar o nome, uma vez que as negociações ainda não estavam fechadas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon