Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

EUA dispostos a trabalhar com a Rússia para estabelecer zonas de exclusão aérea na Síria

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Administrator

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, disse na quarta-feira que os Estados Unidos estão dispostos a trabalhar com a Rússia para estabelecer "mecanismos comuns" na Síria, como zonas de exclusão aérea.

"Os Estados Unidos estão preparados para explorar a possibilidade de estabelecer com a Rússia mecanismos comuns para garantir a estabilidade, incluindo zonas de exclusão aérea, observadores do cessar-fogo e o fornecimento coordenado de ajuda humanitária", disse em comunicado o chefe da diplomacia norte-americana.

"Se os nossos dois países trabalharem em conjunto para estabelecer a estabilidade no terreno, isso vai lançar as bases para um acordo sobre o futuro político da Síria", acrescentou.

As declarações de Rex Tillerson surgem dias antes de uma reunião, na sexta-feira, entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin, em Hamburgo, na Alemanha, à margem dos encontros do G20.

Nos últimos seis anos, a guerra na Síria já fez mais de 350 mil mortos e milhões de refugiados.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon