Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Euro feminino: Seleção chega com atraso a Oisterwijk

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/07/2017 O Jogo

A comitiva portuguesa chegou à Holanda com algum atraso, mas já está pronta para na próxima quarta-feira defrontar a Espanha

A seleção feminina, que fará a sua estreia num Europeu, chegou ao início da noite deste sábado a Oisterwijk, localidade holandesa onde ficará instalada.

Portugal apenas iniciará a competição na próxima quarta-feira, em Doetinchem, diante da Espanha, mas a equipa começará os treinos na Holanda já a partir de domingo no centro de treinos de Oirschot Vooruit, a pouco mais de dez quilómetros do hotel.

A comitiva chegou à Holanda com algum atraso no voo destinado a Amesterdão, levando a que a seleção só chegasse ao hotel já à noite e não ao final da tarde como estava previsto, com as jogadoras a mostrarem algum cansaço.

A defesa Diana Gomes, de 18 anos, explicou isso mesmo: "[a viagem foi] um pouco cansativa, mas sempre alegre, porque estamos aqui todas, é a primeira vez que a seleção A vai estar num Europeu, estamos todas ansiosas para ver o que vai sair daqui".

© Federação Portuguesa de Futebol

A jogadora, do Valadares Gaia, regressou à convocatória depois de ter sido uma das 'descartadas' do grupo alargado de 25 nas duas primeiras semanas de estágio, face à lesão de última hora de Jéssica Silva, que na sexta-feira deixou o grupo.

"Não estava nada à espera que me voltassem a chamar, porque também já era o último dia, à última da hora ligou-me o professor Francisco [Neto] a dizer que se tinha lesionado uma jogadora, obviamente fiquei muito triste por isso, mas fiquei feliz por ser a opção dele para vir aqui ao Europeu, à Holanda", disse Diana Gomes.

A futebolista estará no segundo Europeu da sua carreira, depois de ter marcado presença em 2013 na competição de sub-17, em Inglaterra.

"É o segundo Europeu para mim, é um bocado diferente porque é outro patamar e já passaram muitos aninhos", justificou a defesa, que considera estar numa fase de aprendizagem com as jogadoras mais experientes e que quer "aproveitar" e "evoluir".

O selecionador Francisco Neto teve o segundo contratempo nas três semanas de preparação do Europeu, com a lesão sofrida por Jéssica Silva, já depois de ter também ficado na fase inicial de estágio em Lisboa sem Cláudia Lima, ambas por lesão.

No Europeu de futebol feminino, que decorrerá de sábado a 6 de agosto na Holanda, a seleção portuguesa fará a sua estreia, num grupo em que tem como adversárias a Espanha (19 de julho), a Escócia (23 de julho) e Inglaterra (27 de julho).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon