Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Exposição em Ponta Delgada mostra importância do primeiro banco dos Açores

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/07/2017 Administrator

Uma exposição sobre o primeiro banco dos Açores é inaugurada na quarta-feira, no Museu Carlos Machado, em Ponta Delgada, para mostrar a história de uma instituição que "teve um papel preponderante na economia" regional, foi hoje anunciado.

À agência Lusa, o diretor do museu, Duarte Melo, explicou que a mostra, denominada "O Banco dos Açores", resulta de um protocolo com o Santander Totta para a transferência temporária do acervo da instituição, permitindo, por outro lado, a realização da mostra para divulgar o papel que o banco teve no progresso económico e social da região.

"Este banco teve um papel preponderante na economia dos Açores e foi suporte dos agentes do desenvolvimento local, através das empresas, nomeadamente da exportação do ananás. Inclusivamente, esse banco nasce muito nesse contexto e no apoio à lavoura", afirmou Duarte Melo.

Segundo o responsável, foi "um banco muito querido dos Açores, porque nasceu precisamente ao serviço do povo dos Açores".

O diretor do museu acrescentou que o acervo "ficará à guarda do Museu Carlos Machado, no período de dois anos, e esta exposição vem reforçar a importância do património e do [seu] interesse (...), inclusivamente na construção da própria identidade micaelense".

A exposição, que vai estar patente até 30 de setembro no Núcleo de Arte Sacra do Museu Carlos Machado, divide-se em seis períodos, segundo informação divulgada pela instituição.

O primeiro reporta-se à "Fundação, prosperidade e desalento", começando em 1912, quando foi fundado o Banco Michaelense, que "surgiu como alternativa à inexistência de estruturas bancárias eficazes que assegurassem um alargado volume de negócios e permitissem um adequado sistema de meios de pagamento nas transações internacionais ligadas à exportação do ananás".

Prolongou-se até 1934, incluindo a passagem pela I Guerra Mundial e as "crescentes incertezas no universo de negócios", a posterior diversificação de negócios e, depois, a desconfiança nas instituições bancárias e o encerramento do banco.

Seguiu-se o período "Da reconstituição ao desenvolvimento no pós-guerra", com a reabertura do Banco Michaelense a 02 de janeiro de 1937, com novos estatutos.

Com as dificuldades impostas pela II Guerra Mundial, o banco tirou partido da posição de grande acionista "da próspera Companhia de Navegação Carregadores Açoreanos e dos contornos específicos que os Açores assumiram no contexto do conflito mundial" e, após o conflito, assumiu "um papel importante no processo de incremento das obras públicas de que os Açores beneficiaram", afirmando-se, "cada vez mais, como o exterior, nomeadamente com as comunidades açorianas emigradas nos Estados Unidos e no Canadá".

O terceiro período (1961--1974) marcou a entrada a entrada do grupo Bensaúde, "que dominava setores-chave da economia açoriana", no capital social do banco, tornando-se acionista maioritário do Banco Micaelense, seguindo-se a "nacionalização, regionalização e progresso (1975--1979)" com o banco a passar passou a estar na superintendência do Governo Regional.

O quinto período, que se estendeu até 1995, inclui a alteração da denominação para Banco Comercial dos Açores, o que "não foi mais do que a confirmação de um espaço que o Banco Michaelense" conquistou ao longo de várias décadas, segundo a mostra.

A última parte da exposição, diz respeito a "O regresso do Banco Comercial dos Açores ao setor privado da economia (1996-2015)", em que saiu vencedor, da primeira fase de reprivatização, o consórcio liderado pelo Banif -- Banco Internacional do Funchal.

Em 2015, o Governo e o Banco de Portugal anunciaram a resolução do Banif com a venda de parte da atividade bancária ao Santander Totta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon