Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fábio Coentrão acusado formalmente de fuga ao fisco em Espanha

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/05/2017 Ana Proença

Fábio Coentrão foi, juntamente com Radamel Falcao, acusado de fuga ao fisco pelo Ministério Público de Espanha.

O jogador português do Real Madrid é suspeito de utilizar sociedades no Panamá e na Irlanda, e Falcão nas Ilhas Virgens Britânicas. Segundo o "El Mundo", Coentrão está acusado de um crime de fraude fiscal no valor de 1,29 milhões de euros.

O internacional português terá fingido ter cedido os seus direitos de imagem a empresas com sede no Panamá e na Irlanda, em delitos referentes a 2012, 2013 e 2014.

© Fornecido por O jogo

Falcao está acusado de dois crimes fiscais referentes aos anos de 2012 e 2013, altura em que jogava no Atlético Madrid, cujo valor excede os 5 milhões de euros, segundo o comunicado emitido pelo Ministério Público espanhol.

Recorde-se que em dezembro, o "Football Leaks" já revelara a investigação que estava a decorrer sobre o Fábio Coentrão por causa da fuga ao fisco, suspeitas que recaíram também em vários outros jogadores do campeonato espanhol, nomeadamente Cristiano Ronaldo, e no empresário Jorge Mendes.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon