Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fátima: Explicação do 'fenómeno' de Cova da Iria também se faz com expressão artística - reitor

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/10/2017 Administrator

O reitor do Santuário de Fátima disse hoje, a propósito do concerto que encerrará as celebrações do Centenário das Aparições, que "o fenómeno" da Cova de Iria também depende de uma expressão artística para o explicar.

"A arte é capaz de dar expressão ao que não podemos dizer de outra forma. E o fenómeno de Fátima depende também desta expressão artística, daí o nosso desejo de terminar o evento com música", disse o padre Carlos Cabecinhas.

O reitor falava em conferência de imprensa, na qual participou também a maestrina Joana Carneiro que na sexta-feira vai dirigir o concerto Coro e Orquestra Gulbenkian na sessão solene que decorrerá na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, e do escocês James MacMillan que por encomenda do Santuário compôs a obra "The Sun Danced".

Uma outra obra do compositor português Eurico Carrapatoso intitulada "Salve Regina" será também executada sob a direção da Joana Carneiro.

A sessão tem no programa as presenças do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do bispo da Diocese de Leiria- Fátima, António Marto, e de bastantes convidados.

"A igreja sempre entendeu que a arte era expressão por excelência, por isso ao longo da história nunca dispensou esse lugar e esse contributo que as artes podiam dar", frisou o reitor do Santuário.

A maestrina Joana Carneiro felicitou a organização pelo facto de a expressão artística do concerto ser uma expressão do tempo atual através dos expoentes máximos da música sacra em Portugal, Eurico Carrapatoso, e internacional com James MacMiller.

"Pelo facto de termos uma expressão contemporânea da espiritualidade da humanidade é um marco importante para a história da nossa música sacra ", frisou.

James MacMillan explicou que quando João Paulo II escreveu a carta aos artistas em 1999 sublinhou esta importante relação entre os artistas e a divindade.

"Para nós artistas há uma grande ligação entre o que fazemos e o que é o divino. Os artistas e músicos quando falam de música falam como sendo a arte mais espiritual. Há um reconhecimento desta verdade universal de que a música pode abrir uma porta para a verdadeira face de deus", disse.

Compor "The Sun Danced" foi para James MacMillan "uma das encomendas mais emocionantes" da sua vida.

A última peregrinação no âmbito das celebrações do Centenário das Aparições de Fátima, que decorre entre hoje e sexta-feira, terá ainda um espetáculo multimédia com uma projeção intitulada "Fátima-Tempo de Luz".

Segundo a página oficial do Santuário, a projeção é idealizada a partir da experiência de milhares de peregrinos que todos os anos visitam o Santuário e é composta por sete cenas: "O reflexo da luz de Deus", "O Coração de Maria, imaculado e triunfante, conduz até Deus ", "A Igreja canta a Mensagem de Fátima", "Os caminhos dos peregrinos", "Em Fátima ouvimos uma mensagem de paz para o mundo", "Em Fátima celebramos o Deus que está próximo do ser humano" e "Em Fátima iluminamos o nosso coração".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon