Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fabio Capello: "Comigo, Ronaldo Nazário só baixou para os 94 kg"

Logótipo de O Jogo O Jogo 05/06/2017 Pedro Rocha

Técnico italiano lamentou que o antigo internacional brasileiro acabasse demasiado cedo para o futebol por causa do peso e da falta de sacrifício

© KOEN VAN WEEL

De visita à prisão Poggioreale, Fabio Capello fez as delícias dos detidos e não teve problemas em responder a todas as questões que lhe foram colocadas. O treinador italiano falou de tudo relacionado com futebol e assumiu que lhe custou lidar com o antigo internacional brasileiro Ronaldo Nazário. "Qual foi o jogador mais difícil para mim? Pensam que foi o Cassano? Sim, ele era um jovem, um grande jogador em campo e também muito louco fora dos relvados. O mais difícil de todos foi, porém, o Ronaldo. Uma vez, depois de ter sido dado como recuperado de uma lesão, chegou a apresentar-se com 96 kg", contou, citado pelo AS.

O treinador bem tentou que o Fenómeno perdesse peso, mas não teve grande êxito. "Cheguei a perguntar-lhe quanto pesava quando ganhou o Mundial da Coreia e do Japão e ele respondeu-me que teria 84 kg. Pedi-lhe por isso para tentar baixar pelo menos até aos 88 ou 87 kg. Só que ele não conseguiu. Foi uma pena ver um jogador com tanto talento não fazer um mínimo de sacrifício. Baixou só para os 94 kg", precisou, assumindo que jamais esquecerá os bons tempos que passou no Milan. "Estive lá durante 22 anos, foi um clube marcante. A minha carreira de treinador de futebol começa precisamente quando sou contratado por Berlusconi, mas mentiria se dissesse que o Milan é um clube de sonho", comentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon