Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Falta de eficácia matou-nos, agora está nas mãos de Deus"

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/05/2017 João Cardoso
© GREGORIO CUNHA

Herrera, capitão do FC Porto, lamentou o empate frente ao Marítimo, este sábado, na 32ª jornada da I Liga.

Exibição: "Penso que entrámos bem no jogo. Sabíamos que seria difícil. Infelizmente, não conseguimos concretizar as oportunidades que tivemos. Depois do golo, tivemos oportunidades para marcar mais e ficar mais tranquilos, mas não conseguimos concretizar. Depois, um descuido deu o empate ao adversário. Sabíamos que seria difícil e que não poderíamos falhar".

Nunca venceu no terreno do Marítimo: "Sim, desde que cheguei que nunca ganhei aqui. Hoje tivemos oportunidades para ganhar, mas não aproveitámos. Hoje foi isso que nos matou. Estamos tristes. Sabíamos que não podíamos errar".

Título mais difícil: "Era uma oportunidade importante, mas entregamos o que falta nas mãos de Deus. Vamos lutar até ao fim. Vamos acreditar até ao fim. Temos de continuar a jogar e ver o que se passa nos próximos jogos".

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon