Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Canchungo vence taça da Guiné-Bissau em futebol

Logótipo de LusaLusa 09/07/2017 Mussá Baldé
José Sena Goulão/LUSA © LUSA / José Sena Goulão José Sena Goulão/LUSA

Bissau, 09 jul (Lusa) - O Futebol Clube de Canchungo, equipa do interior norte da Guiné-Bissau, venceu hoje pela segunda vez na sua história a taça da Guiné, ao bater na final a UDIB por 1-0.

O único golo da partida foi apontado pelo avançado Ibraima Indjai, aos oito minutos da segunda parte do prolongamento, num ‘longo chapéu’ sobre o guarda-redes da União Desportiva Internacional de Bissau (UDIB), Edmar (vulgo Ivanov).

O FC Canchungo, filial do FC Porto, venceu a taça da Guiné-Bissau na época 2013/2014. As duas conquistas aconteceram sob o comando técnico João Dembi.

O jogo disputado hoje no estádio Lino Correia, em Bissau, contou com fraca presença de público, facto aproveitado pelo presidente da federação, Manuel Lopes, para exortar o Governo a "investir mais no futebol" guineense.

Ao entregar a taça ao FC Canchungo, Manuel Lopes, ladeado do ministro da Cultura e Desporto, Tomás Barbosa, acusou o Governo de "fazer pouco em prol do futebol" e ainda afirmou que a "federação faz o que pode".

Em jeito de resposta, Tomás Barbosa frisou que a federação de futebol "tem que andar com os seus pés", já que "possui autonomia financeira e administrativa", como as restantes federações de outras modalidades, disse.

MB // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon