Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Porto e o sério risco de mais mudanças em Chaves

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/04/2017 Alcides Freire

Boly e Rúben Neves começam esta terça-feira a preparar-se para o jogo em Chaves. Mas só se Felipe e Danilo não jogarem

Boly pode voltar a ser titular © Ivan Del Val/Global Imagens Boly pode voltar a ser titular

Além de dois pontos que podem ser determinantes nas contas do título, o FC Porto pode ter perdido também, na receção ao Feirense, Danilo e Felipe para a visita a Chaves (sábado, 20h30)da próxima jornada. Especialmente o médio defensivo, ainda que ambos tenham saído lesionados da partida de domingo. Por isso mesmo, Rúben Neves e Boly já se encontram de prevenção e vão ser preparados a partir desta manhã, quando o plantel regressar aos treinos, para serem titulares em Trás-os-Montes, caso se confirmem as ausências dos nomes habituais.

Danilo foi suturado com nove pontos a uma ferida perfurante no joelho esquerdo, na sequência de uma entrada mais dura de Babanco (85"), enquanto o central "ficou-se" pelos cinco pontos na cabeça, após ter chocado com a cabeça de Flávio Ramos no último lance do encontro. Os dois vão ser reavaliados esta manhã, mas enquanto não retirarem os pontos não poderão treinar sem limitações com os companheiros. No caso de Danilo, a zona magoada é mais delicada, pois provoca-lhe até dificuldade em mover-se.

citacaoA confirmar-se o pior cenário, ou seja, as indisponibilidades de Felipe, Danilo, Corona e Brahimi para a deslocação a Chaves, Nuno Espírito Santo só terá 18 jogadores disponíveis para convocar. Quer isto dizer que Depoitre e João Carlos Teixeira, há muito fora das escolhas, poderão ser chamados. A menos que o treinador opte por "pescar" na equipa B.

Estas são mais duas "dores de cabeça" para Nuno Espírito Santo antes de uma deslocação muito complicada em que o FC Porto está proibido de perder mais pontos, para não entregar de bandeja o título ao Benfica. O técnico portista também não deverá contar com Brahimi, que terá de cumprir o segundo jogo de castigo que lhe foi aplicado após a expulsão em Braga. A menos que os argumentos apresentados pelo FC Porto no recurso vinguem e o argelino veja o castigo anulado ou reduzido ainda esta semana.

Corona é outra das preocupações dos azuis e brancos. O mexicano lesionou-se na véspera da visita do Feirense - sofreu uma entorse no tornozelo direito - e encontra-se em dúvida para a viagem até Chaves. A lesão não é grave, mas só os próximos dias vão revelar se o extremo poderá ser chamado por Nuno Espírito Santo. Na prática, o treinador portista poderá ser privado de quatro habituais titulares.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon