Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Porto implica Bruno Paixão no caso dos emails

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/08/2017 Hugo Monteiro
© Fornecido por O jogo

Francisco J. Marques denunciou uma alegada troca de emails entre Bruno Paixão e Nuno Cabral, que intermediaria a relação do árbitro com Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica.

O FC Porto juntou Bruno Paixão à lista de árbitros implicados no caso dos emails. Esta terça-feira, Francisco J. Marques denunciou uma alegada troca de mensagens entre Bruno Paixão e Nuno Cabral, que supostamente intermediaria a relação do árbitro com Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica.

"No dia 9 de março de 2014, às 20h47, o Nuno Cabral, conhecido como Eva Mendes e, na altura, delegado da Liga, envia um email para o Paulo Gonçalves que diz assim: 'Caro doutor' e anexa um print screen de Facebook, em que consta uma conversa com Miguel Duarte. O Miguel Duarte é também conhecido por Bruno Miguel Duarte Paixão. Porque é que o árbitro Bruno Paixão tinha um Facebook para falar com Nuno Cabral depois de arbitrar o Tondela-Benfica B, da II Liga? E porque é que o Nuno Cabral está em diálogo com ele para depois enviar a informação para o Benfica? Acabámos de estabelecer mais um árbitro com ligação ao Benfica. A comunicação com o Paulo Gonçalves era estabelecida através de um intermediário, que era o Nuno Cabral", afirmou o diretor de comunicação e informação do FC Porto, no programa Universo Porto da Bancada, alertando para a necessidade de dar corpo a uma "revolução séria no futebol português":

"Cada cavadela, cada minhoca. Alguém tem que pôr mão nisto. As entidades desportivas têm que se preocupar com isto de forma muito séria. Este comportamento de Bruno Paixão merece explicação, como todos os outros nunca deram. Pelo andar da carruagem, só falto eu mandar um email para o Paulo Gonçalves através do Nuno Cabral. Tem que se olhar para isto. O FC Porto está a fazer papel de defesa do futebol português, os senhores árbitros não podem ter este tipo de comportamento. Estes árbitros são em condições de apitar na I Liga? O que é que a Federação acha disto? O que é que o secretário de Estado do Desporto acha disto? Estamos a necessitar de uma revolução séria no futebol português. Os 'Nunos Cabrais' do futebol português têm que ser afastados de vez. Os árbitros têm que ser castigados. O senhor Bruno Paixão também anda em contactos com o Benfica? Isto é absolutamente lamentável", rematou Francisco J. Marques.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon