Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Porto reage a Vieira: "Acusações falsas e infundadas? Adeptos não têm essa ideia"

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/06/2017 Hugo Monteiro
© Global Imagens

Pela voz do diretor de comunicação e informação Francisco J. Marques, o clube azul e branco reagiu às palavras de Luís Filipe Vieira na quinta-feira.

Vieira afirma que acusações são falsas: "Só posso ver isso como uma opinião do presidente do Benfica. O presidente do Benfica acha que as acusações são falsas e infundadas. Grande parte dos adeptos não tem essa ideia. Estes assuntos estão a ser investigados pela Unidade de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária. Só quando chegar a uma acusação judicial poderemos pronunciar-nos. Há demasiados indícios para se poder dizer que isto é falso. 'No nosso clube não existem atos praticados à margem da lei', disse o presidente do Benfica. Pelo que tem sido divulgado, o que há é muito disso. O presidente do Benfica pronunciou-se pela primeira vez sobre o assunto, mas num jantar de deputados afetos ao Benfica".

Fuga de Luís Filipe Vieira: "Parece-me uma fuga para a frente. Da minha parte, não há nada de suicida. No futebol português há uma série de poderes que são inclusivamente ilegais e que importa denunciar. Não vejo mal nenhum que haja um jantar com deputados do Benfica. Já vejo algum mal naquilo que alguns deputados depois dizem. O que disse Telmo Correia, por exemplo, é lamentável. É um cartilheiro, dos mais fiéis que existem. O senhor Telmo Correia executa na perfeição o papel dele, assume as cores do Benfica e presta-se a este papel. Acho isso lamentável".

Questões por responder: "Há coisas que era muito importante ver respondidas: por que razão o Benfica precisa de monitorizar os SMS de Fernando Gomes? O presidente do Benfica tinha conhecimento das mensagens trocadas entre Pedro Guerra e Adão Mendes? Para que serve ter Nuno Cabral a enviar informação íntima de árbitros? Importa esclarecer estas coisas. Ainda ninguém foi capaz de dizer uma palavra sobre o conteúdo. Deviam preocupar-se mais com isso. Isto nunca se viu no futebol português".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon