Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Porto SAD com prejuízo consolidado recorde de 58,411ME na época 2015/2016

Logótipo de LusaLusa 12/10/2016 Patricia Dinis
ESTELA SILVA/LUSA © LUSA / ESTELA SILVA ESTELA SILVA/LUSA

Porto, 12 out (Lusa) – A SAD do FC Porto encerrou 2015/2016 com um prejuízo consolidado recorde de 58,411 milhões de euros, atribuindo a inversão face ao lucro de 19,352 milhões do exercício anterior à diminuição das mais-valias com a venda de jogadores.

Em conferência de imprensa no Porto, o administrador da SAD (Sociedade Anónima Desportiva) portista Fernando Gomes admitiu que “não são bons resultados”, mas assegurou que resultaram de “uma política assumidamente definida pela administração”.

“Estes maus resultados não acontecem por acaso, mas porque a equipa técnica do futebol e a administração se puseram de acordo que este ano seria assim”, afirmou.

Explicando que, “tradicionalmente, o FC Porto tem saldo negativo nas suas receitas e custos ordinários”, compensando-o com “a receita extraordinária das mais-valias de venda de jogadores” - que na época passada atingiu o valor líquido recorde de 82,5 milhões de euros –, Fernando Gomes disse ter sido decidido pela administração da SAD que “este ano não se justificava prosseguir de uma forma imponderada essa política”, pelo que as mais-valias com passes se quedaram pelos 38,658 milhões de euros.

PD/APS // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon