Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Porto sob 'brasas' em Chaves, Benfica reencontra difícil Estoril-Praia

Logótipo de LusaLusa 27/04/2017 Rita Moura

Redação, 27 abr (Lusa) – O Benfica, em casa com o Estoril-Praia, e o FC Porto, fora com o Desportivo de Chaves, encontram no sábado, na 31.ª da I Liga de futebol, adversários que esta época já lhes colocaram alguns problemas.

A quatro jornadas do fim, depois do dérbi entre Sporting-Benfica (1-1) ter deixado as ‘águias’ com os mesmos três pontos de vantagem na liderança, face ao inesperado empate no FC Porto-Feirense (0-0), a situação é mais complicada para os ‘dragões’.

No sábado é o Benfica o primeiro a entrar em campo, ao receber o Estoril (14.º), equipa treinada por Pedro Emanuel e que no início do mês criou, na Luz, muitas dificuldades nas meias-finais da Taça de Portugal (3-3).

O Benfica não apresentou o seu habitual onze e foi necessário promover as entradas de Pizzi e de Jonas, este a fazer o golo que daria alguma serenidade (3-2), embora o Estoril ainda igualasse, mas com os ‘encarnados’ a apurarem-se para a final.

A equipa de Rui Vitória tem uma diferença de mais três pontos para o FC Porto, mas que se traduz na possibilidade de consentir apenas um empate, já que, em caso de igualdade, no atual momento, os ‘dragões’ têm melhor diferença de golos marcados e sofridos, o segundo critério de desempate (igualdades 1-1 nos jogos no Dragão e na Luz).

Nesta 31.ª jornada, se o encontro entre Benfica e Estoril, face ao empate na Luz, e duas vitórias pela margem mínima na Amoreira (1-0 na Liga e 2-1 na Taça), pode ser difícil, a visita do FC Porto a Chaves é teoricamente ainda de maior risco.

A equipa portista, que já desperdiçou em várias ocasiões a oportunidade de diminuir diferenças – a última no domingo - ou passar para a frente na Liga, entra num momento crucial, com uma dupla saída de elevada dificuldade: a Chaves e ao Marítimo, na 32.ª ronda.

Se para o Benfica é necessário somar, no mínimo, dez em 12 pontos, para o FC Porto não existe margem de erro. Em Chaves os ‘dragões’ visitam o adversário que venceram por 2-1 em casa, mas que os eliminou da Taça (0-0, 3-2 nos penáltis).

O treinador Nuno Espírito Santo tem ainda o ‘problema’ de, provavelmente, não contar com o argelino Brahimi – o clube apresentou recurso de dois jogos de castigo -, Corona está em dúvida, e Danilo foi suturado em nove pontos no joelho.

Praticamente fora das contas do título está o Sporting, terceiro, a oito pontos do Benfica, que no domingo visita o Sporting de Braga (5.º), num jogo em que os bracarenses terão no banco Abel Ferreira.

A saída de Jorge Simão repete a história da primeira volta, em que Abel Ferreira assumiu o comando bracarense após a saída de José Peseiro e encontrou de imediato o Sporting, com a equipa minhota a vencer em Alvalade (1-0).

A inconstância de resultados do Braga levou, no entanto, a equipa a cair para o quinto lugar, atrás do rival Vitória de Guimarães, que é quarto classificado, com mais cinco pontos.

A jornada abrirá na sexta-feira com os vimaranenses a visitarem o Vitória de Setúbal, no 11.º lugar.

ESTELA SILVA/LUSA © LUSA / ESTELA SILVA ESTELA SILVA/LUSA

Com o sexto lugar nas ‘mãos’ de Marítimo, a Europa está no horizonte dos insulares, que no domingo visitam o Feirense (9.º) e têm uma vantagem de cinco pontos para o sétimo classificado, o Rio Ave.

Os vila-condenses visitam o ‘lanterna vermelha’ Nacional, equipa que na última jornada caiu para o último lugar, ao perder fora com o também ‘aflito’ Tondela.

Nacional e Tondela ocupam os lugares de descida, separados por três pontos, num cenário muito complicado para os dois emblemas, embora Moreirense, no 16.º, apenas com mais dois pontos que o penúltimo, não esteja a salvo.

A despromoção começa a cingir-se a uma luta entre estas três equipas, com Arouca (15.º) e Estoril (14.º) a não estarem matematicamente salvos, mas a terem um conforto de mais oito pontos em relação ao primeiro lugar de descida (17.º).

Na ronda, o Nacional recebe o Rio Ave, enquanto o Tondela visita o Boavista. Em desespero de pontos está também o Moreirense, que no sábado joga em Arouca.

I Liga, 31.ª jornada:

- Sexta-feira, 28 abr:

Vitória de Setúbal – Vitória de Guimarães, 20:30 (SportTV).

- Sábado, 29 abr:

Boavista – Tondela, 16:00 (SportTV).

Nacional – Rio Ave, 16:00 (SportTV).

Benfica – Estoril-Praia, 18:15 (BTV).

Desportivo de Chaves – FC Porto, 20:30 (SportTV).

- Domingo, 30 abr:

Arouca – Moreirense, 16:00 (SportTV).

Feirense – Marítimo, 16:00 (SportTV).

Sporting de Braga – Sporting, 18:00 (SportTV).

Belenenses – Paços de Ferreira, 20:15 (SportTV).

RPM // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon