Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FC Porto sugere exclusão do Benfica

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/06/2017 Hugo Monteiro

Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto, volta a visar o Benfica.

Francisco J. Marques voltou a fazer revelações no programa "Universo Porto", do Porto Canal, comprometendo o Benfica e sugerindo a exclusão do clube da Luz.

© Pedro Rocha/Global Imagens

"No dia 2 de fevereiro, numa altura quente do campeonato e depois de um daqueles jogos da Taça da Liga, no Algarve, em que os adeptos do Braga atiraram umas tochas para o relvado, o Benfica emitiu um comunicado a apelar à contenção dos adeptos do Benfica. Claro que esse comunicado trazia água no bico e qual era? Era um comunicado escrito pelo Luís Bernardo e que depois circula por várias áreas e várias pessoas, entre as quais o Paulo Gonçalves, que responde o seguinte: 'Na minha opinião está excelente. Reforçaria somente o seguinte parágrafo: 'A segurança é também um bem de todos e os recentes e graves acontecimentos noutros estádios - seguramente com consequência disciplinares verdadeiramente preventivas - levam-nos a reforçar este apelo'. E depois comenta: 'Assim metemos pressão no CD para sancionar o FC Porto e o SC Braga como deve ser. Como ainda vamos ter de ir a Braga, era bom que existisse coragem para interditar a Pedreira'", expôs o diretor de comunicação e informação do FC Porto.

"Ora, isto configura, do meu ponto de vista, o exercício de abuso de influência que fala o regulamento disciplinar da FPF. Meter pressão no CD ou qualquer órgão tem, como consequência, a exclusão da competição a fixar entre uma a três épocas. É o Paulo Gonçalves que diz 'assim metemos pressão no CD'. Andam a brincar connosco. Controlam tudo, dominam tudo... Isto é uma vergonha. Não está em causa crime informático, até porque não violei a correspondência de ninguém. Como já disse o Paulo Gonçalves, fizeram-me chegar isto. E abençoadas as pessoas que me fizeram chegar isto, porque permite fazer um limpeza no futebol português. O próximo campeonato não pode começar com estes comportamentos destas pessoas. Elas é que têm de ser castigadas. Não digo irradiadas, porque sou contra a pena de morte. Acredito na capacidade de regeneração do Paulo Gonçalves, Pedro Guerra, Adão Mendes, Luis Filipe Vieira, etc, etc... daqui a 50 anos. Encham-se de vergonha, assumam este comportamento, peçam desculpa aos adeptos do Benfica, do futebol e demitam-se", vincou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon