Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FCT confirma atribuição de 900 bolsas de doutoramento no concurso de 2017

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/07/2017 Administrator

A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) confirmou hoje a atribuição, este ano, de 900 bolsas de doutoramento relativas ao concurso lançado em março.

Numa nota de imprensa, a FCT salienta que os resultados são divulgados antes do início do ano letivo para que os alunos "possam melhor planear a sua investigação".

Os candidatos selecionados "podem fixar a data de início do seu plano de trabalhos entre 01 de setembro de 2017 e 31 de agosto de 2018". Os excluídos podem recorrer em sede de audiência prévia.

As bolsas de doutoramento da FCT são um subsídio concedido mensalmente aos investigadores em formação, com vista a obterem o grau de doutor. O seu trabalho científico é feito em regime de exclusividade.

Este ano, pela primeira vez, o concurso individual de bolsas, ao qual os candidatos podem concorrer por sua iniciativa, cingiu-se apenas a bolsas de doutoramento.

Em 2017, a FCT deixou de abrir concurso para a atribuição de bolsas de pós-doutoramento, seguindo a orientação da tutela, que pretende substituir estas bolsas por contratos de trabalho a termo, ao abrigo do decreto-lei de estímulo ao emprego científico, em vigor desde setembro.

O concurso de 2016 foi pautado por atrasos na divulgação dos resultados - foram publicados em janeiro, dois meses depois do prazo inicial - e no pagamento das bolsas.

A Fundação para a Ciência e Tecnologia é a principal entidade, na dependência do Ministério da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, que subsidia a investigação em Portugal.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon