Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Federação inglesa diz que aplicou a Joey Barton a suspensão "menor possível"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/04/2017 O Jogo
© NIGEL RODDIS

A participação em apostas desportivas levou à suspensão do médio por 18 meses

A Federação Inglesa de Futebol explicou que a suspensão de 18 meses aplicada ao médio do Burnely Joey Barton, de 34 anos, por participação em apostas desportivas, foi a "menor possível".

Em comunicado, a federação especificou que Barton realizou 1.260 apostas, avaliadas em 205.784 libras (cerca de 243.000 euros), e sofreu perdas na ordem das 16.708 libras (quase 20.000 euros), entre março de 2006 até maio de 2016.

"A Comissão Reguladora Independente concluiu que a sanção menor possível reflete todas as infrações cometidas em apostas", referiu a federação.

Barton admitiu ter um problema de adição a apostas, vício que a federação, que também multou o jogador em 30.000 libras (cerca de 35.000 euros), "pode ter distorcido a sua forma de pensar, mas não é justificação válida para a sua conduta continuada".

Em novembro do ano passado, quando representava o Glasgow Rangers, Barton foi suspenso por um jogo também por apostas.

Na altura, o inglês reconheceu, perante a Federação Escocesa de Futebol, ter realizado 44 apostas, entre 01 de julho e 15 de setembro de 2016.

O jogador já afirmou que vai recorrer do castigo aplicado pela federação, que considera excessivo, enquanto o Burnley informou que não renovará com o jogador, cujo contrato termina em 30 de junho.

Entre 2006 e 2016, período em que o internacional inglês confessou ter apostado, Barton representou Manchester City, Newcastle, Queens Park Rangers, Marselha e Glasgow Rangers.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon