Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Feira das Atividades Económicas de Odemira espera mais de 30 mil visitantes

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/07/2017 Administrator

A pecuária, turismo e o artesanato vão estar em destaque, a partir de sexta-feira, na Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira (FACECO), Beja, onde são esperados mais de 30 mil visitantes.

Trata-se de "uma feira importante para as pessoas conhecerem aquilo que o concelho de Odemira tem para oferecer", disse hoje à agência Lusa o vice-presidente do município do litoral alentejano, Ricardo Cardoso, frisando que espera que sejam "ultrapassados os 30 mil visitantes", entre sexta-feira e domingo, em São Teotónio.

O setor pecuário é o que mais se destaca na Feira das Atividades Culturais e Económicas, segundo o autarca, lembrando que o certame integra a 29.ª edição do Concurso Nacional de Raça Bovina Limousine, o 14.º Concurso Regional da Raça Bovina Holstein Frísia e o 22.º Concurso Regional da Cabra Charnequeira.

Com um efetivo de "perto de 59 mil cabeças de gado" no concelho, entre "pequenos e grandes ruminantes", a pecuária é uma atividade "importante" em Odemira, no distrito de Beja, sendo a FACECO uma forma de promover um "ponto de encontro e de negócio entre criadores nacionais e estrangeiros".

Com um orçamento de "cerca de 150 mil euros", a promoção do certame é considerada pelo vice-presidente do município um investimento "importante".

"Quase metade deste valor é para os concursos de gado. A pecuária é uma atividade muito importante no concelho e os produtores encontram-se aqui", disse.

Além dos animais, também o mel vai ser avaliado num concurso.

O artesanato volta este ano a ter um pavilhão, onde vão estar "cerca de 50 artesãos de Odemira e de zonas limítrofes a trabalhar ao vivo", destacou ainda Ricardo Cardoso.

O certame conta também com animação em "três palcos permanentes com música tradicional" e "outras valências artísticas da região".

Um colóquio hortofrutícola, a apresentação do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira, ateliês, demonstrações de culinária, provas de vinho, queijo, mel e de chocolate fazem também parte do programa dos três dias de feira.

As noites no certame alentejano, em São Teotónio, terminam com concertos. Sexta-feira, a partir das 22:30, com Áurea, sábado, à mesma hora, com Celina da Piedade, e, a encerrar os três dias de feira, no domingo, a partir das 21:30, Rita Red Shoes.

O valor dos ingressos na FACECO é de dois euros, mantendo-se o mesmo preço do ano passado.

A inauguração oficial do certame está agendada para sexta-feira às 17:30, mas as portas do certame abrem às 11:00 todos os dias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon