Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fejsa a todo o gás para o inédito com o FC Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/03/2017 João Cardoso

A recuperação plena do médio é a preocupação de Rui Vitória, que espera vir a contar com o sérvio no onze que defrontará o FC Porto. Fejsa, de resto, nunca foi titular frente aos azuis e brancos em jogos para o campeonato

O Benfica arranca esta segunda-feira com a preparação efetiva do clássico do próximo sábado, na Luz, com Rui Vitória a esperar que, até ao dia em que as águias chocam com o FC Porto, Fejsa esteja recuperado e apto a ser titular. A preponderância do trinco sérvio na estratégia habitual do treinador dos encarnados é elevada e este, ainda com o grupo de trabalho a meio gás devido às várias ausências devido aos compromissos das seleções nacionais, pede que tudo seja feito para o camisola 5 ser opção.

Fejsa, que cumpre a quarta época no Benfica, nunca foi titular contra os dragões em jogos relativos ao campeonato e Rui Vitória, em mais de ano e meio ao serviço dos encarnados, tem sentido essa ausência nos embates com os dragões. Na I Liga, o técnico nunca bateu o rival nortenho - duas derrotas e um empate - e já na primeira volta perdeu o médio nos dias antes da visita ao Porto: Fejsa saiu lesionado aos 59" da partida contra o Dínamo Kiev, para a Champions, ficando indisponível para o clássico.

© Fornecido por O jogo

Na perspetiva de Rui Vitória, as qualidades do sérvio dão equilíbrio a toda a equipa encarnada, tanto no que diz respeito às situações defensivas, onde aparece a apagar fogos em diversas zonas do terreno, como ao ser capaz de aplicar o seu passe numa primeira fase de construção. Mas, acima de tudo, a maior mais-valia do atleta é a forma como protege a bola e a capacidade de desarme, aspetos que em jogos mais intensos como são habitualmente os clássicos se tornam essenciais.

Sem competir desde a visita a Braga, a 19 de fevereiro, devido a uma entorse na tibiotársica esquerda, Fejsa ainda consta do boletim clínico, mas foi convocado para o jogo da Sérvia contra a Geórgia, que se disputou na sexta-feira. O médio acabou dispensado desse compromisso, dispondo de mais algum tempo para poder carregar na recuperação plena para o clássico, sendo esperado por Rui Vitória a sua incorporação em pleno a partir de hoje. Nesta época, Fejsa soma 28 jogos pelo Benfica, igualando o registo de 2015/16, onde atingiu o recorde de utilização pelas águias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon