Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Felipe revela ambição: "Quero conquistar o título e a Champions"

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/09/2017 Rui Trombinhas

Central diz que não sonha mas que traça objetivos, recusando perder o hábito de ganhar adquirido no Corinthians. Por isso aponta ao sucesso ao mais alto nível na segunda época no Dragão

© Tony Dias

O Felipe da segunda temporada no FC Porto está diferente, para melhor. É o próprio que o garante. Desde que engrenou na defesa azul e branca não parou de crescer, assumindo-se rapidamente como um dos pilares da equipa, na defesa e não só. "Agora estou a impor-me mais. Hoje já consegui mostrar o meu trabalho, estou mais firme, mais confiante. Tenho mais respeito dos adversários, também. Mas estou muito mais confiante em campo, sem dúvida alguma", reconheceu o central numa entrevista concedida ao "Diário de São Paulo". Desde 2010, altura em que se tornou profissional, aconteceu tudo muito rápido na carreira do brasileiro. Primeiro foram os quatro títulos com o Corinthians até 2015 e uma chamada à seleção brasileira em 2016, antes da mudança para o futebol europeu, quando o FC Porto lhe abriu as portas, na época passada. Felipe já conquistou muita coisa, mas quer mais. "Tenho grandes objetivos. Pelo FC Porto, quero conquistar o campeonato português e a Liga dos Campeões. Se chegar à seleção, quero conquistar um Mundial", apontou. "Não é um sonho, é um objetivo. Sonho ficamos apenas a pensar. Eu vou trabalhar muito para essas coisas acontecerem um dia", vincou, reforçando os objetivos traçados.

A primeira temporada de Felipe teve "repercussão", apesar de alguns percalços no início. "Foi uma questão de adaptação. Agora já percebi a mecânica da equipa, conheço mais o clube e o futebol europeu", explicou. "Mas o objetivo principal com a camisola do FC Porto não aconteceu. Pelo que esse é o grande foco para esta temporada", insistiu. "Quero voltar a sentir o gosto de ser campeão. Um jogador vive de títulos, tive uma primeira temporada produtiva, mas não posso parar, tenho de evoluir sempre, lutando por títulos", vincou o central dos dragões.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon