Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Felipe vai impor-se ainda mais no FC Porto, vocês vão ver"

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/05/2017 Hugo Monteiro
© Pedro Rocha/Global Imagens

Antigos defesas-centrais brasileiros do FC Porto aprovam o Xerife e sentem que a herança foi bem entregue. Geraldão espera ainda mais de Felipe na segunda temporada de clube.

Pinto da Costa começou por contratar Celso, ao Bahia, em 1985. Dois anos depois, o FC Porto foi campeão europeu e o brasileiro foi um dos que mais se destacou. Seguiu-se Geraldão, o homem dos livres, que também ajudou a fazer do FC Porto vencedor da Taça Intercontinental. Foi o princípio de um legado de defesas-centrais brasileiros que, na maioria dos casos, se deram bem.

Felipe é o último desta linhagem de 35 anos, os mesmos que o presidente leva no cargo. Geraldão, central do FC Porto entre 1987 e 1991, mostra-se encantado com as exibições do compatriota e acredita que Felipe vai mostrar ainda mais.

"Tem personalidade e, se ficar no FC Porto, vai fazer uma segunda época ainda melhor. Já no Corinthians foi assim. É um grande jogador. Tem mística e enquadra-se bem no FC Porto. Os centrais brasileiros são durinhos, por norma lutam bastante. Ele tem esse perfil de guerreiro. É um grande jogador e vai impor-se ainda muito mais no FC Porto. Vocês vão ver. Reparem que ele tem apenas 27 anos. Se se cuidar bem, e a fama que tem é essa, joga até aos 34 anos. Estou certo de que ficará na linhagem dos bons brasileiros que o FC Porto teve", declarou a O JOGO.

Ler reportagem completa na edição e-paper.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon