Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fernando Santos: "Amanhã não vai haver a ansiedade do jogo em França"

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/03/2017 Hugo M. Monteiro

O selecionador português abordou o embate entre a equipa das "quinas" e a Hungria, a contar para a fase de apuramento para o Mundial 2018

Jogo diante da Hungria no Euro 2016: "Foi um jogo muito atípico em França. Havia uma ansiedade muito grande nos nossos jogadores, mas não vai haver a ansiedade que houve nesse jogo. A Hungria já estava apurada nesse jogo, não tinha a pressão dos pontos. Amanhã as duas equipas vão estar sob essa pressão. Mas no futebol todos os treinadores querem defender bem e atacar bem".

Estratégia da seleção da Hungria: "Acredito que algumas vezes vai jogar em contra-ataque e espero que o tenha de fazer. A Hungria não tem essas características, gosta de sair a jogar, ter posse de bola. Já fizeram isso connosco. Sabemos que é uma equipa perigosa e estamos preparados para isso. Fizemos a análise do jogo com a França, mostrei aos jogadores os pontos em que não estivemos tão bem e as coisas que fizemos bem. São equipas com objetivos comuns, dependemos exclusivamente de nós. Temos de vencer os nossos jogos, mas do lado da Hungria está uma equipa com os mesmo objetivos. Não me acredito que se limita à ação defensiva. Vai ser um jogo difícil, mas acredito que Portugal vai vencer este jogo" .

© Fornecido por O jogo

Mudanças desde a vitória no Euro: "A única coisa que mudou foi o título conquistado. Daí para cá realizámos quatro jogos, vamos fazer o quinto. Uma interrupção de quatro meses é sempre um handicap. É difícil mudar a matriz de jogo sem treinar. Vamos procurar manter-nos iguais a nós próprios. Os jogadores estão motivados e tenho a certeza que os que entrarem vão estar bem, Estudámos os quatros jogos [da Hungria] e não descortinámos grandes diferenças".

Respeito por Portugal aumenta por causa do Euro?: "Portugal sempre foi uma equipa respeitada pelos seus adversários. Está sempre nos dez primeiros classificados do ranking. Isso é motivo para os adversários nos quererem vencer. Temos o melhor jogador do mundo e desde sempre tivemos essa pressão. Não temos mais, nem menos pressão. Vamos defender as nossas cores e a bandeira. Isso é que mete pressão, uma pressão positiva".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon