Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fernando Santos assume que deixar Éder de fora é "constrangedor"

Logótipo de LusaLusa 25/05/2017
MANUEL DE ALMEIDA/LUSA © LUSA / MANUEL DE ALMEIDA MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Oeiras, Lisboa, 25 mai (Lusa) - O selecionador português, Fernando Santos, garantiu hoje que a sua equipa está apenas a pensar no jogo na Letónia, de qualificação para o Mundial2018 de futebol, e admitiu que é "constrangedor" deixar Éder fora dos convocados.

"Tive que deixar fora jogadores que foram campeões europeus, que deram alegrias ao povo português. É sempre constrangedor. Tenho que tomar decisões e assumo a responsabilidade. Antes, ninguém acreditava no Éder. Quem o levou? Agora estamos numa situação contrária. Isso não quer dizer que tenha falta de confiança, isso que fique claro", afirmou Fernando Santos.

O selecionador nacional falava aos jornalistas na Cidade de Futebol, em Oeiras, depois de ter revelado os 24 convocados para o embate com a Letónia. A lista final para a Taça das Confederações, que terá 23, até 07 de junho.

"Temos um lote alargado de jogadores que tem que ‘emagrecer’. A mim compete analisar todos os dados e tomar decisões. Nunca é fácil, mas transmiti pessoalmente aos jogadores a minha decisão", confessou o treinador, de 62 anos.

Fernando Santos frisou que a Taça das Confederações é tema proibido até ao jogo com os letões, do grupo B de apuramento para o Campeonato do Mundo, agendado para 09 de junho, em Riga.

"É o atual foco. Neste momento, para mim, a Taça das Confederações é zero, entre aspas, claro. Temos até dia 07 para entregar a convocatória na FIFA. Estamos a preparar o jogo com a Letónia", reforçou.

O selecionador luso lembrou que a Letónia criou "muitas dificuldades" a Portugal no primeiro embate, no Algarve, apesar do encontro ter terminado com uma goleada por 4-1.

"Só depois dos 70 minutos é que conseguimos marcar mais golos. Até essa altura, criou muitos problemas. Não quero foco em outros jogos. É fundamental e muito importante para Portugal vencer a Letónia", disse.

Santos deixou ainda uma palavra a Cristiano Ronaldo, que no dia 03 de junho vai disputar a final da Liga dos Campeões com o Real Madrid.

"Espero que esteja bem fisicamente. Aproveito para desejar-lhe que vença mais uma vez uma grande prova. Se vencer vai chegar ainda com mais moral. Conto com ele e é uma peça fundamental para o jogo com a Letónia", considerou Fernando Santos.

Os 24 jogadores convocados têm o primeiro treino agendado para o dia 29 de maio, na Cidade do Futebol.

Antes da Letónia, Portugal tem um particular agendado para o dia 03 de junho com o Chipre, no Estoril. Após o duelo com letões, a seleção nacional vai começar a preparar a participação da Taça das Confederações, prova que vai disputar pela primeira vez devido ao estatuto de campeão europeu.

Portugal vai discutir o grupo A, juntamente com Rússia, México e Nova Zelândia.

LG/MYO // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon