Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fernando Santos desvaloriza ausências e só tem "na cabeça" o jogo da Letónia

Logótipo de LusaLusa 03/11/2016
MIGUEL A. LOPES/LUSA © LUSA / MIGUEL A. LOPES MIGUEL A. LOPES/LUSA

Oeiras, Lisboa, 03 nov (Lusa) - O selecionador português, Fernando Santos, desvalorizou hoje as ausências de Pepe e João Moutinho no encontro frente à Letónia, de qualificação para o Mundial2018 de futebol, e rejeitou qualquer ansiedade devido à nomeação para melhor treinador da FIFA.

"Toda a minha atenção está na Letónia. Estou entre os nomeados mas não é o meu foco. A minha cabeça não está aí. Só tenho o jogo da Letónia na minha cabeça", afirmou Fernando Santos na conferência de imprensa de divulgação dos convocados para o encontro da quarta jornada do Grupo B, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Depois de alguma insistência por parte dos jornalistas, o técnico de 62 anos acrescentou que a sua nomeação, assim como a de Cristiano Ronaldo para melhor jogador, "ilustra bem o trabalho que tem sido feito nos últimos anos" em Portugal.

"São prémios sempre importantes para o futebol português, que, felizmente, nos últimos anos está habituado a este tipo de coisas. É o resultado do trabalho que tem sido feito ao nível dos clubes e da formação na federação", referiu.

Com Pepe castigado e João Moutinho lesionado, o selecionador nacional fez regressar o central Luís Neto, que já tinha chamado para o duelo com a Suíça (derrota 2-0), e manteve Pizzi, que há um mês foi chamado à última hora antes do jogo com as Ilhas Faroé, devido à indisponibilidade de Nani.

"As ausências sentem-se sempre. Estamos a falar de habituais titulares, mas acredito em todos os jogadores e tenho confiança plena neles. Aqueles que chamei têm hábitos e rotinas de jogarem juntos e temos jogadores com capacidade para me dar a garantia que a equipa vai fazer um bom jogo", disse Fernando Santos.

No grupo dos 24 convocados aparece também Nelson Semedo, que no duplo embate com Andorra e Ilhas Faroé (ambos 6-0) rendeu o lesionado Cedric, assim como Gelson Martins, que ‘convenceu’ Fernando Santos na estreia.

"Nesta altura, é preciso procurar uma forma para que os jogadores cheguem frescos ao jogo. Vamos treinar para melhorar certos aspetos, mas tendo sempre em atenção o estado físico dos jogadores", considerou o técnico.

Apesar de Portugal ter um registo 100 por cento vitorioso com a Letónia (quatro jogos, quatro triunfos), Fernando Santos espera "muitas dificuldades" frente a uma equipa com "experiência".

"Não tenho dúvidas que é uma equipa vai tentar defender muito bem e depois contra atacar. É o que faz melhor. Tenho confiança na minha equipa e nos jogadores para vencer este obstáculo", frisou.

Os convocados de Fernando Santos concentram-se na próxima segunda-feira, dia 7 de novembro, até às 22:00 numa unidade hoteleira de Cascais. No dia seguinte, cumpre o primeiro treino, como habitual na Cidade do Futebol.

O Portugal-Letónia, da quarta jornada do Grupo B, está agendado para 13 de novembro, no Estádio Algarve, em Faro/Loulé.

A seleção nacional, atual campeã da Europa, ocupa o segundo lugar do agrupamento com seis pontos, menos três do que a Suíça, que lidera. A formação letã é quinta e antepenúltima com apenas três pontos.

LG/MYO // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon