Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fernando Santos: "Já sei que só vou regressar dia 3, não há outra solução"

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/06/2017 Hugo M. Monteiro
© Fornecido por O jogo

Selecionador português assume que Portugal é, a par do Chile, um dos grandes candidatos à conquista da Taça das Confederações.

Final mais esperada entre os dois campeões?: "Não sei se é a mais esperada, sempre disse que há um fortíssimo candidato, que é a Alemanha, e que há três equipas que se posicionam como grandes candidatas, que são o Chile, o México e Portugal. Sabemos das valias das equipas, sabemos o peso desta competição na América do Sul e sabemos que é difícil ver uma equipa da Europa a vencer esta competição. Vamos procurar representar bem Portugal e representar bem a Europa".

Raphael Guerreiro: "Amanhã fica de fora, não estará disponível. Continua a fazer tratamento. Em muitos destes casos, algumas horas podem fazer a diferença, mas o Raphael não vai poder estar no jogo de amanhã".

Substituto de Pepe: "Temos três centrais disponíveis, José Fonte, Bruno Alves e Neto. Seguramente um deles irá lá estar".

citacao"Discurso cauteloso? Não, Portugal assumiu-se como candidato. Não temos dúvidas nenhumas"esquerda

Poucos adeptos portugueses na Rússia: "O Chile tem muita gente a apoiar e nós menos, mas somos valentes, somos poucos mas bons. Em campo vamos entrar com esses e com todos os outros que estão a torcer por nós pelo mundo, vamos procurar dar o máximo para lhes dar uma grande alegria".

Mais descanso pode ser uma vantagem?: "É fundamental. É claro que, neste momento, o cansaço tem de existir. Não há forma de o mitigar. Jogar de três em três dias, com intensidade elevada e depois de uma época longa... É a força mental que permite ultrapassar essa questão. Quando se chega a uma meia-final, o cansaço passa para segundo plano. O que conta mais é a paixão e a cabeça".

Discurso mais cauteloso de Portugal: "Cauteloso não. Portugal assumiu-se como candidato. Não temos dúvidas nenhumas e tenho confiança total na minha equipa. Vamos estar em campo como sempre estivemos, com uma disponibilidade total e confiança inabalável que vamos estar em São Petersburgo".

Regressar só no dia 3 de julho: "Já sei que só regresso mesmo no dia 3, não há outra solução. Mas sim, é o meu desejo".

Segredo para manter o foco: "O segredo é a união. É o "nós". O mais importante desta Seleção, e já lá vão dois anos comigo, é o nós. É conseguir que esse grupo e esse espírito estejam sempre vinculados com a equipa. É uma equipa que nunca acha que é a melhor do mundo, mas também não tem medo de jogar contra aqueles que pensam que são os melhores do mundo".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon