Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fernando Santos: mais elogios a Ronaldo e um recado a Andorra

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/10/2017 Hugo Monteiro

Fernando Santos, selecionador de Portugal, após a vitória por 2-0 em Andorra.

Depois de ter explicado Cristiano Ronaldo no banco frente a Andorra, na flash da RTP, Fernando Santos falou em conferência de imprensa, na qual voltou a abordar a opção por CR7 suplente e as dificuldades para marcar o primeiro golo.

"Missão difícil, mas muito difícil. A adaptação ao relvado foi difícil, os jogadores tiveram muitas dificuldades. A equipa teve sempre dificuldade em jogador de primeira e segunda e isso criou problemas. A partir dos 15 minutos começou a existir alguma ansiedade e o André Silva passou a estar muito sozinho na frente. Tivemos mais posse de bola mas só tivemos duas vezes perto do golo. Foram 45 minutos de dificuldades", anotou.

© José Coelho/EPA

"Antes do jogo pensei muito se o Cristiano Ronaldo jogava ou não. Foi uma opção. Cumprimos o nosso objetivo, que era ganhar e não ter jogadores impedidos para o jogo com a Suíça. Toda gente sabe o peso do Ronaldo na equipa. Fez o golo e fez o cruzamento do segundo golo. É por isso que é o melhor do mundo. Em Portugal ou noutra equipa seria sempre assim. Quanto ao resultado da Suíça, não quero saber. Estamos lá na terça-feira para ganhar", continuou, deixando um recado ao relvado sintético.

"Estes campos não ajudam nada o futebol. Percebo Andorra, que quer fazer os seus jogos em casa, mas devia ter um campo relvado", atirou Fernando Santos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon