Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fernando Santos rejeita responsabilidade e espera adversários motivados

Logótipo de LusaLusa 26/08/2016
MÁRIO CRUZ/LUSA © LUSA / MÁRIO CRUZ MÁRIO CRUZ/LUSA

Oeiras, 26 ago (Lusa) - Fernando Santos negou hoje que Portugal tenha mais responsabilidade por ser campeão da Europa, mas considerou que os adversários da fase de qualificação para o Mundial2018 de futebol vão ter uma "motivação extra" para vencer a sua equipa.

"Não sinto que tenha uma responsabilidade diferente. Nada mesmo. Antes, todos os adversários já tinham empenho total em defrontar e vencer Portugal. Por ser uma seleção muito forte e por ter o melhor jogador do mundo. Obviamente que agora essa vontade é acrescida. Vão defrontar o campeão da Europa. Estou à espera que os meus adversários tenham uma motivação extra", afirmou o selecionador português.

Na primeira convocatória após o Euro2016, Fernando Santos foi ‘obrigado’ a deixar de fora Cristiano Ronaldo, lesionado, e chamou duas caras novas: João Cancelo e André Silva.

"Achamos que estes são os jogadores que devíamos convocar. Estamos na fase inicial da época e foi este o critério que achei que devia ter, ou seja, que os jogadores estejam sobretudo a treinar nos seus clubes. Daqui a um mês, com mais jogos e as competições a decorrerem, o critério vai ser outro", explicou o técnico, de 61 anos, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Com André Silva a aparecer como titular neste início de temporada no FC Porto, Fernando Santos optou por chamar o ponta de lança, um jogador que já há algum tempo estava na mente do selecionador nacional.

"Vamos ver a sua evolução. Entendemos que era importante ele agora vir à seleção nacional", referiu.

Sobre a fase de qualificação para o Mundial2018, que vai decorrer na Rússia, Fernando Santos assumiu o objetivo de vencer o Grupo B, mas, para isso, Portugal tem que "manter a humildade e respeitar todos os adversários".

"Não vamos perder a nossa ambição. Não temos nenhum estatuto diferente. Somos campeões da Europa mas temos que ter a mesma atitude que tivemos no apuramento para o Europeu, quando nessa altura ainda não tínhamos ganho nada", disse o treinador.

Portugal realiza um particular com Gibraltar, a 01 de setembro, no Estádio do Bessa, no Porto, e defronta a Suíça a 06, em Basileia, naquele que será o primeiro jogo de qualificação para o Mundial2018.

Portugal está inserido no Grupo B da zona de qualificação europeia para o Campeonato do Mundo da Rússia, em 2018, juntamente com as seleções da Suíça, Andorra, Ilhas Faroé, Letónia e Hungria.

Os 24 convocados de Fernando Santos concentram-se na próxima segunda-feira, até às 17:00, na Cidade do Futebol.

LG // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon