Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FIFA assegura salário de Coleman durante o período de recuperação

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/03/2017 Hugo M. Monteiro
© REUTERS/Clodagh Kilcoyne

Lateral do Everton fraturou a tíbia e o perónio ao serviço da sua seleção, a República da Irlanda.

A FIFA vai assegurar o pagamento dos salários de Séamus Coleman durante o período de recuperação do jogador, que fraturou a tíbia e o perónio no encontro entre a sua seleção (República da Irlanda) e o País de Gales.

O Programa de Proteção de Clubes do organismo que regula o futebol mundial entende que as equipas podem exigir o pagamento de 143.836 euros semanais do salário de um jogador se este se lesionar durante os jogos de seleções. Tendo em conta que o rendimento de Coleman no Everton ronda os 50 mil euros por semana, os "toffees" não terão encargos adicionais com a folha de pagamentos do lateral.

O período de recuperação da grave lesão sofrida pelo jogador irlandês ainda não é conhecido, mas a imprensa britânica avança com uma paragem de um ano.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon