Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FIFA muda tudo no prémio "The Best"

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/05/2017 João Cardoso

Organização prevê antecipar a entrega do prémio, tal como foi discutido no último congresso. Votações passam para agosto, aumentando o impacto da Liga dos Campeões na decisão final

A FIFA quer demarcar-se de vez da Bola de Ouro e, para isso, decidiu dar uma volta de 360º na entrega do prémio The Best, que passará a celebrar-se em outubro. Com isso, a FIFA passa a distinguir o melhor do mundo pelo rendimento na temporada e não no ano civil, como até agora.

O objetivo da FIFA passa ainda por ajustar o prémio ao desenrolar das épocas e das respetivas competições, uma vez que, salvo no continente americano, nunca coincidem com o ano civil.

Com a mudança da data, também as votações são adiantadas, passando para o período em que as equipas regressam de férias.

Cristiano Ronaldo, o grande favorito

© Fornecido por O jogo

Com as alterações nas datas de votação, a Liga dos Campeões ganha mais impacto do que nunca. Nesse aspeto, Cristiano Ronaldo distancia-se de todos os outros pela importância que está a ter na prova, algo a que, de resto, já habituou os adeptos.

destaquenaoperca7201123esquerda

Se na presente edição da Liga dos Campeões Ronaldo pode repartir o protagonismo com Buffon, guarda-redes da Juventus, verdade é que, com a participação na Taça das Confederações pela Seleção Nacional, fruto da conquista do Campeonato da Europa de 2016, em França, pode voltar a ganhar vantagem.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon