Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FIFA pode mudar regra de ouro a pedido de... Cabo Verde

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/10/2017 Ireneu Ribeiro
© Fornecido por O jogo

A entidade que gere o futebol mundial pondera permitir que os jogadores possam atuar por mais de uma seleção

O vice-presidente da FIFA, Victor Montagliani, deu a entender que uma das regras sagradas para a organização pode ser flexibilizada, neste caso, permitir que jogadores possam atuar por mais que uma seleção profissional.

Segundo a agência Reuters, o dirigente reconheceu que problemas internos de alguns países que provocam fluxos migratórios entre países podem abrir esta exceção e que foi espoletada pela federação de futebol de Cabo Verde, que solicitou esta mudança, até porque muitos dos seus atletas nasceram em Portugal.

A entidade permite, atualmente, uma troca de nacionalidade no caso de o atleta ter disputado partidas apenas nos escalões de formação. O primeiro caso de "transferência" entre seleções aconteceu em 2004, quando Antar Yahia, que tinha disputado os escalões de formação franceses, passou a defender a seleção da Argélia, tendo participado no Mundial de 2010, na África do Sul.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon