Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Final da Taça: Sporting faz mira ao terceiro título numa semana

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/06/2017 Hugo Monteiro

O Sporting pode conquistar as três competições em que participou nesta época, caso vença a Taça de Portugal de andebol no fim de semana, em Fafe, após ter-se sagrado campeão nacional e ter vencido a Taça Challenge.

A equipa leonina, que conta com mais vitórias na competição (15), vai lutar pelo troféu com o FC Porto, o ABC/UMinho e a AA Avanca, formação perante a qual vai iniciar a final a quatro, no sábado, pelas 15h45, tendo a hipótese de conquistar o terceiro título da época em pouco mais de uma semana, no pavilhão multiusos da cidade minhota.

A equipa treinada por Hugo Canela alcançou, na quarta-feira, o primeiro título nacional desde 2001 - conseguiu a dobradinha nesse ano -, após derrotar o Benfica (25-23) e acabar o campeonato com 62 pontos, mais um do que o FC Porto, e a Taça Challenge pela segunda vez, no sábado, após vencer a final com os romenos do HC Potaissa Turda, sucedendo ao ABC, vencedor em 2016.

Vitorioso pela última vez na competição em 2013/14, quando derrotou o ABC (34-29), o Sporting eliminou no caminho para a final four o atual detentor da Taça, o Benfica, ao impor-se por 35-28, num jogo dos quartos-de-final, disputado em março, vingando-se da derrota da final de 2016, quando as águias venceram por 36-35, após prolongamento.

O Sporting deixou ainda para trás o Arsenal, nos 16 avos de final (41-28), e o Vitória de Setúbal, nos oitavos (41-20), e vai defrontar a AA Avanca, equipa que ultrapassou a Sanjoanense, nos 16 avos (30-20), o AC Fafe, nos oitavos (26-22), e o Águas Santas, equipa do grupo A da fase final do campeonato, nos quartos (29-27).

A formação do concelho de Estarreja, treinada por Carlos Martingo, parte como outsider para esta final four, depois de ter sido a única a ficar de fora da luta pelo título, sendo, para já, a melhor das oito da fase de manutenção no principal campeonato, com 54 pontos.

O FC Porto e o ABC/UMinho vão discutir, pelas 18h00, a outra vaga na final de domingo, reeditando o embate decisivo de 2014/15, quando os bracarenses arrecadaram a 11.ª Taça, com um triunfo por 25-24, e passaram a somar mais quatro do que os dragões, vencedores pela última ocasião em 2006/07 - derrotaram então o Benfica por 19-18.

© IVAN DEL VAL/Lusa

Até chegar à final four, a equipa azul e branca eliminou o Sir 1.º de Maio, nos 16 avos de final (36-23), o Maia-Ismai, nos oitavos (35-20), e o Marítimo, nos quartos (32-24), e, em Fafe, vai ter a última oportunidade para evitar a segunda época consecutiva sem títulos.

Os minhotos, quintos classificados no último campeonato, podem conquistar o quinto título em três épocas, após a Supertaça, o Campeonato e a Taça Challenge, em 2015/16, além da Taça, em 2014/15, tendo, até agora, superado o Estarreja, nos 16 avos (41-25), o Madeira SAD, nos oitavos (29-28), e o Sporting da Horta, nos quartos (34-26).

Os vencedores dos jogos de sábado da 46.ª edição da Taça de Portugal de andebol encontram-se na final de domingo, agendada para as 17:00, no Pavilhão Multiusos de Fafe.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon