Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica, Porto, Sporting, Primeira Liga, Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo, Mourinho

"Flops de todo o mundo tiraram o lugar aos nossos rapazes"

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/11/2017 Hugo M. Monteiro
© Fornecido por O jogo

Paolo Cannavaro, irmão do antigo capitão da seleção italiana, não poupou nas críticas após a eliminação frente à Suécia, no play-off de acesso ao Mundial'2018

A Itália vai falhar um Campeonato do Mundo 60 anos depois e as reações chegam um pouco por todo o lado.

Uma das mais polémicas é assinada por Paolo Cannavaro, irmão de Fabio, antigo capitão da squadra azzurra e campeão mundial em 2006.

No Instagram, o jogador do Sassuolo apontou o dedo aos gestores do futebol italiano.

"Malta, não perdemos hoje o Mundial, perdemos há 15 anos. Graças à lei do trabalho, chegaram a Itália flops de todas as partes do mundo e tiraram injustamente o lugar aos nossos rapazes. Demos-lhes dinheiro, glória e formação graças aos nosso treinadores italianos, que continuam a ser os melhores. Espero que hoje tenhamos tocado no fundo e se reformule o nosso futebol. Que se vão as múmias que gerem o futebol italiano e não dão espaço aos jovens no campo", escreveu o defesa de 36 anos.

À frustração de Paolo Cannavaro, parece que só mesmo Buffon escapou. Com a eliminação no play-off de acesso ao Mundial, diante da Suécia, o guarda-redes da Juventus retirou-se da carreira internacional e terminou o jogo em lágrimas.

"Fora isto, honra ao grande Buffon, que perdeu a oportunidade de ser o único jogador a estar em seis mundiais e mesmo assim deu a cara. Espero que as tuas lágrimas sejam as últimas do nosso futebol, apoiemos a jovem Itália que vem, voltemos a ser Itália, a Itália que o mundo inteiro invejou, ainda que tenha que ter acontecido isto para despertarmos", completou Paolo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon