Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Florentino Pérez sobre despedida de Casillas: "Foi um desastre"

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/09/2017 Ana Proença
© Fábio Poço/Global Imagens

Em entrevista a uma rádio espanhola, o presidente do Real Madrid comenta a saída do guarda-redes do Real Madrid para o FC Porto.

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, comentou, em entrevista a uma rádio espanhola, a saída de Iker Casillas do clube madrileno ao fim de 20 anos de ligação, em 2015, para representar o emblema do FC Porto. O presidente, na altura criticado, diz que o guarda-redes "saiu quando quis e para onde quis" e frisou ainda: "Quando um jogador se vai embora a culpa é sempre minha".

O técnico espanhol explicou que não concordou com a forma como o jogador se despediu do clube: "Ele achou que o melhor era sair a ler um papel, o que foi o desastre. Liguei-lhe à noite para que no dia seguinte se despedisse com os troféus e com os adeptos". Por isso mesmo, Casillas ficou a dever um último jogo pelo Real Madrid, que este quis deixar para quando arrumar as botas.

Recorde-se que o craque renovou com o FC Porto por mais uma época, o que veio adiar esse compromisso. Mas, ao que parece, os planos do dirigente espanhol para o guardião da defesa portista não se ficam pela despedida, uma vez que Florentino manifestou a vontade de manter a ligação do jogador ao clube branco: "Embaixador? Eu ficaria encantado, tal como já aconteceu com Raúl, entre outros. Está no coração de todos os madrilenos".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon