Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Florentino Pérez: "Tenho a certeza que Cristiano Ronaldo não vai pedir mais dinheiro"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/06/2017 Ana Proença
© Gustavo Bom / Global Imagens

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, saiu em defesa de Cristiano Ronaldo, garantindo ser um pessoa "íntegra e cumpridora". Não pondera ficar sem o português no Real Madrid.

Em entrevista à emissora espanhol esRadio, Florentino Pérez garantiu não estar demasiado preocupado com o tema Cristiano Ronaldo, acreditando não só na sua inocência como que permanecerá no Real Madrid.

"Não contemplo essa hipótese [saída do Real Madrid]. É o melhor que temos, o melhor do Mundo, tem contrato... Há quem pense que ele está a fazer isto para melhorar o seu contrato, mas nestes oito anos isso nunca aconteceu. Tenho a certeza que não vai pedir mais dinheiro; ele não é assim. Não se pode assinar um novo contrato todos os anos. Cristiano não é mercenário ou avarento. Se está aborrecido é porque a forma como tem sido tratado não corresponde ao que ele representa", afirmou.

O presidente do Real Madrid disse não ter falado ainda com Cristiano Ronaldo, antes com o seu empresário Jorge Mendes, aguardando o final da Taça das Confederações para abordar o jogador.

"Não falei com ele, não dou a importância que se está a dar. A única coisa a fazer agora é esperar e falaremos depois das Confederações. Está chateado com a situação, é íntegro e cumpridor dos seus deveres. Falei com Jorge Mendes e, de momento, não nos devemos preocupar mais do que o devido", comentou.

Florentino Pérez desvalorizou ainda que Cristiano Ronaldo não tenha desmentido a possibilidade de deixar o Real Madrid. "Cristiano não disse nem uma coisa nem outra. Se me surpreende que não tenha desmentido? Não vai estar todos os dias a desmentir notícias. Agora precisa de tranquilidade, que trabalhe para ganhar a sua Taça das Confederações. Uma pessoa não tem de desmentir uma coisa que não disse", defendeu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon