Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FMI ajuda governo são-tomense a aplicar políticas macroeconómicas

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/07/2017 Administrator

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está a ajudar o governo são-tomense a aplicar "políticas macroeconómicas mais prudentes e eficazes", referiu hoje a chefe da missão daquela instituição económica, Xiangming Li.

"O objetivo essencial dessa missão é ajudar o governo a pôr em prática políticas económicas eficazes, ajudar a implementar políticas microeconómicas mais prudentes", disse Xiangming Li a saída de um encontro com o ministro das Finanças, Comércio e Economia Azul, Américo Ramos.

Uma missão do Fundo Monetário Internacional iniciou hoje uma série de encontros com as autoridades ligadas ao setor económico e financeiro do país que vão durar uma semana.

"Vamos falar com as diferentes autoridades e setores para sabermos que políticas estão a ser implementadas e obviamente também trabalhar em conjunto no sentido de melhorarmos ainda mais tais politica", explicou.

Xiangming Li considerou essa sua deslocação a São Tomé como estando no âmbito do que o FMI designa como "uma visita de campo".

"Para vermos como é que as coisas estão a decorrer" até setembro, altura em que o FMI prevê submeter o arquipélago a uma nova avaliação, disse.

A última vez que uma missão desta instituição financeira esteve em São Tomé e Príncipe foi na primeira semana de abril, altura em que recomendou ao governo "bastante cuidado" e para não contrair dívidas que não tenham "uma componente de donativo de 35%".

Na altura, o governo são-tomense havia anunciado um "donativo-empréstimo" da China Popular avaliado em 146 milhões de dólares (128 milhões de euros) para investimentos em projetos de infraestruturas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon