Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Fontelas Gomes e o videoárbitro: "Vai existir sempre erro no futebol"

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/08/2017 Rui Trombinhas
© Gonçalo Delgado/Global Imagens

Presidente do Conselho de Arbitragem destaca esforço para reduzir contestação e ruído à volta do futebol em Portugal

A primeira jornada da I Liga já está em andamento e com ela os primeiros jogos do campeonato com videoárbitro. José Fontelas Gomes falou do projeto, na TVI24, e esclareceu que o erro nunca irá desaparecer da equação. "O videoárbitro significa acabar com alguns erros grosseiros, aqueles que todos vemos na televisão. Mas o erro vai existir sempre no futebol. Somos seres humanos. O videoárbitro visa auxiliar o árbitro, mas erro vai continuar a existir. É assim o futebol", lembrou.

O presidente do Conselho de Arbitragem lembra que o projeto encontra-se em fase de testes, mas que o avanço para a tecnologia por parte da FPF tem um objetivo claro. "Decidimos, para o bem da verdade desportiva, utilizar já o videoárbitro para afastar pensamentos suspeitos sobre a decisão do árbitro. Queremos afastar isso do futebol. Trabalhamos para diminuir o ruído. Poderá vir a aumentar o nível de contestação, mas só se as pessoas quiserem, se quiserem ver na arbitragem um escape. Não será por nós que haverá ruído", destacou.

Casillas, guarda-redes do FC Porto, apontou, este fim de semana, alguma desconfiança face ao sistema, ao que Fontelas Gomes respondeu com a naturalidade de algo que começa de novo. "Fizemos formação a todos os clubes da I Liga. Temos feito também na comunicação social, abrimos uma conta de Twitter para elucidar os adeptos. Tentámos dar toda a informação. Como em todos os projetos há uma fase de maturação. Há sempre desconfiança no início de cada processo".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon