Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Francisco J. Marques com nova suspensão de 76 dias

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/07/2017 Hugo Monteiro
© Fornecido por O jogo

Diretor de comunicação e informação do FC Porto está castigado pelo Conselho de Disciplina da FPF desde 11 de julho

A cumprir uma pena de 44 dias de suspensão e multado em 2869 euros pelo Conselho de Disciplina da FPF a 11 de julho pelo que escreveu na newsletter "Dragões Diário" de 25 e 27 de fevereiro, Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto, terá de cumprir um novo castigo, válido por 76 dias, acrescido de uma multa, apurou O JOGO junto de fonte próxima do clube. A nova pena deve-se a críticas a arbitragens referentes à época passada.

Na newsletter de 25 de fevereiro, Francisco J. Marques criticou o trabalho do árbitro Nuno Almeida no jogo Benfica-Chaves, que levou o FC Porto a contestar o primeiro golo do Benfica e um alegado penálti por marcar a favor do Chaves num lance entre Eliseu e Perdigão. "Ontem, na Luz, o Ferrari vermelho fez 'pendant' com o Benfica, o que nem aos mais distraídos surpreende - estava lá mesmo para isso, para fazer 'pendant'", escreveu.

destaquenaoperca8662345

Já no "Dragões Diário" de 27 de fevereiro, o responsável pela comunicação do FC Porto carregou sobre o juiz Fábio Veríssimo, no seguimento do dérbi com o Boavista, no Bessa: "Só quem não quiser ver é que pode fingir que estas arbitragens não acontecem devido à coação grave e reiterada que é diariamente exercida direta e indiretamente pelo BenficaA. verdade desportiva foi grosseiramente adulterada por Nuno Almeida e no Bessa só uma equipa à Porto impediu Fábio Veríssimo de tirar pontos à nossa equipa".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon