Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

FRASES Estado da Nação: 15 frases, 15 debates quinzenais

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/07/2017 Administrator

Seleção de frases dos debates quinzenais com o primeiro-ministro, de setembro a junho.

"É falso que não estejamos a crescer mais do que estávamos a crescer o ano passado, é falso que não estejamos a exportar mais do que exportávamos o ano passado, é falso que não haja mais investimento do que havia o ano passado e, sobretudo, é falso que não haja mais investimento estrangeiro do que aquele que havia no ano passado"

António Costa, primeiro-ministro, 22 de setembro de 2016

"Lembro-me, o que o seu colega primeiro-ministro de então dizia em 2010 é muito parecido consigo, não demorou muito e estava a propor o aumento dos impostos como os senhores agora fazem, o corte do investimento público, o corte das prestações sociais e o governo seguinte que trate de limpar a casa. Há uma coisa que eu lhe garanto: esta parte da limpeza será mesmo vossa excelência que terá o prazer de a fazer"

Pedro Passos Coelho, líder do PSD, 22 de setembro de 2016

"Desgraça é herdar um pedido de resgate do país como nós tivemos. Não vale a pena queixar-se muito da herança que recebeu porque foi o senhor que a quis agarrar."

Pedro Passos Coelho, 14 de outubro de 2016

"O senhor tem a faca e o queijo na mão e faz cativações, e as cativações significam corte na despesa, significa um enorme ataque aos serviços públicos. O seu Governo e o Governo das esquerdas radicais é o Governo do enorme ataque aos serviços públicos. É também o Governo do enorme ataque ao investimento público."

Assunção Cristas, presidente do CDS-PP, 14 de outubro de 2016

"Por incúria do Governo anterior, o Banif teve de ser resolvido. O Novo Banco é impossível de ser vendido pelo preço que o anterior executivo garantia e a Caixa Geral de Depósitos teve de ser recapitalizada. Tudo isto custou dinheiro, muito dinheiro."

Carlos César, líder parlamentar do PS, 22 de dezembro de 2016

"O dinheiro já o perdemos, mas queremos mesmo perder o controlo sobre o sistema financeiro?"

Catarina Martins, coordenadora do Bloco de Esquerda, 22 de dezembro de 2016

"Quem inventou a redução da TSU como contrapartida do aumento do salário mínimo foram o PSD e CDS quando estiveram no governo"

Catarina Martins, 17 de janeiro de 2017

"O BE votará contra a redução da TSU porque tem princípios, e o PSD votará contra a redução da TSU porque não tem nenhum princípio."

Catarina Martins, 17 de janeiro de 2017

"Vai ter-nos à perna [sobre a TSU]."

Heloísa Apolónia, dirigindo-se a António Costa, 17 de janeiro de 2017

"Na ocasião em que desempenhei funções governativas, nunca tive conhecimento de nenhuma situação destas, quero dizer-lhe hoje na oposição que sou o primeiro interessado em que se apure exatamente tudo o que se passou."

Pedro Passos Coelho, 22 de fevereiro de 2017

"Verifico que, relativamente ao período do seu governo, PSD e CDS têm seguido o princípio da partilha de responsabilidade: quando falamos do Banif, a líder do CDS-PP Assunção Cristas diz nada saber, quando se fala de incumprimento pela administração fiscal - sob tutela de secretário de Estado do CDS - é o senhor deputado, então primeiro-ministro, que lava as mãos."

António Costa, 22 de fevereiro de 2017

"Já ouvimos aqui que não sabiam de nada. Moral da história, a culpa morre solteira ou então foi a empregada da limpeza que avariou o computador aquando do processo de limpeza..."

Jerónimo de Sousa, líder do PCP, 22 de fevereiro de 2017

"Tem uma boa herança e tem uma boa conjuntura e tem de tomar uma opção: se quer viver à conta dessa herança e dessa conjuntura e deixar as coisas acontecer ou projetar o país para um ciclo de crescimento verdadeiramente duradouro"

Luís Montenegro, líder parlamentar do PSD, 23 de maio de 2017

"Ao contrário daquilo que o PSD e o CDS procuravam fazer crer, o empobrecimento dos portugueses não é remédio nem é a solução para o défice nem para qualquer um dos problemas reais do país" e "inverter o caminho de austeridade imposto por PSD e CDS revelou-se uma boa estratégia"

Heloísa Apolónia, deputada do PEV, 23 de maio de 2017

"Temos feito um caminho, mas é preciso prossegui-lo com mais determinação e, às vezes, senhor primeiro-ministro, mais rápido"

Heloísa Apolónia, 08 de junho de 2017

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon