Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Frederico Morais relegado para a repescagem na etapa do Rio de Janeiro

Logótipo de LusaLusa 09/05/2017 João Pedro Simões

Rio de Janeiro, 09 mai (Lusa) – O português Frederico Morais foi hoje relegado para a repescagem da etapa do Rio de Janeiro do circuito mundial de surf, ao ser derrotado pelo brasileiro Filipe Toledo e pelo australiano Ethan Ewing.

Na praia de Saquarema, ‘Kikas’, 19.º do circuito, conquistou 7,70 pontos (4,03 pontos e 3,67), no sétimo ‘heat’ do Oi Rio Pro, que foram insuficientes perante os 16,26 (7,33 e 8,93) de Toledo, sexto do ‘ranking’, e os 10,84 (6,57 e 4,27) de Ewing, 36.º.

O surfista cascalense vai agora disputar a qualificação para a terceira ronda, na repescagem, fase para a qual ‘caíram’ também o brasileiro Gabriel Medina, campeão do mundo em 2014, e o australiano Owen Wright, segundo do circuito.

JACK BARRIPP - WSL HANDOUT/WORLD SURF LEAGUE © EPA / JACK BARRIPP - WSL HANDOUT JACK BARRIPP - WSL HANDOUT/WORLD SURF LEAGUE

Já apurados para a terceira ronda estão, além de Toledo, o brasileiro Adriano de Souza, campeão do mundo em 2015, o havaiano John John Florence, campeão do mundo e líder do circuito, que defende o título 'carioca' conquistado em 2016, e o sul-africano Jordy Smith, segundo da hierarquia.

'Kikas', que conquistou 7.450 pontos na Austrália, chegou aos quartos de final em Bells Beach, depois de ter atingido a terceira ronda na Gold Coast e sido eliminado na segunda em Margaret River.

JP // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon